ter 26 out 2021
HomeCidadeAgenda Federal: o que esperar da semana do calouro?

Agenda Federal: o que esperar da semana do calouro?

Quem entra na universidade pela primeira vez não sabe o que vai encontrar por lá, mas um certo terrorismo é passado de geração para geração: pinturas no rosto, arrecadação nos sinaleiros y otras cositas más costumam marcar a iniciação de um aluno em qualquer instituição de ensino superior. Vale ressaltar outra coisa: não é só disso que a semana do calouro é feita.

É esse o tema da primeira Agenda Federal, o novo espaço de serviço do Jornal Comunicação: o que esperar dos primeiros cinco dias no ambiente ainda desconhecido que é a UFPR?

Palestras, palestras e palestras

Você passou no vestibular e está prestes a começar seu primeiro dia na universidade, mas não faz ideia do que o seu curso ensina? Primeiro, calma: você provavelmente não está sozinho. Segundo: já pensando nisso, as coordenações e centros acadêmicos costumam organizar uma rodada de apresentações sobre o que o aluno vai encontrar por ali.

Todos os cursos costumam preparar algo similar, mas alguns merecem destaque. O pessoal de Engenharia Cartográfica, por exemplo, organizou toda uma semana de iniciação com discursos de professores e profissionais de fora da Universidade para contar o que esperar da profissão. Ciência da Computação e Informática Biomédica começam a todo vapor: as manhãs são dedicadas a um curso básico de Linux, enquanto as tardes são preenchidas com palestras mais especí­ficas e até aulas inaugurais.

Já as discussões na área de Ciências Sociais começam já na primeira semana: mesas e jornadas de debates estão espalhadas por toda a semana, abordando temas que vão de movimentos sociais à luta das mulheres na sociedade. Psicologia segue por um caminho similar: tem até aula sobre a profissão e a situação do psicólogo no Brasil, na manhã dessa sexta-feira (9).

Dar o sangue pela causa

Um tipo de “trote” que cresce muito nos últimos anos não bota medo em calouro nenhum a não ser que ele tenha pavor de agulhas, mas aí­ já é outra história. A prática do trote solidário envolve atividades como doação de sangue e arrecadações mas não espere entrar na universidade para fazer ações como essas!

Odontologia e Quí­mica, por exemplo, vão levar calouros e veteranos a locais como o Hemepar para doação de sangue e cadastro de doadores de medula. Já Design tem uma tarde de atividades especiais na ONG Socorro aos Necessitados nessa quinta-feira (8).

O pessoal de Ciências Biológicas usa a área de conhecimento na caridade. O grupo vai a uma escola para ensinar sobre o cultivo de uma horta no local. Depois do trabalho suado, uma recompensa: na sexta-feira, uma viagem para a Ilha do Mel para atividades de integração.

Biomedicina também está de olho na solidariedade: durante a semana, o curso recebe doações de roupas e alimentos a serem encaminhados para instituições de caridade, além de realizar gincanas com esse mesmo objetivo.

Nada de moleza!

Se você não quer saber de ficar parado já nos primeiros dias como universitário, não se preocupe: alguns cursos promovem atividades práticas para começar o ano em ritmo de aventura. Em Educação Fí­sica, ninguém fica parado: o curso promove atividades desportivas, gincanas e oficinas durante os cinco primeiros dias de aula.

Medicina Veterinária vai levar a calourada até a Estação Experimental do Canguiri, onde serão realizadas atividades recreativas, além de conhecer a estrutura do local. Os alunos de Oceanografia vão colocar o pé na estrada: estão previstas viagens ao Porto de Paranaguá (quinta-feira, dia 8) e Praia de Leste (sexta-feira, dia 9).

E Comunicação Social?

Os novatos nas habilitações em Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas são recebidos com uma semana cheia. A manhã de terça-feira (6) é para conhecer o curso e os vários projetos extracurriculares, como pesquisa e extensão. Aulas inaugurais, palestras, gincanas e trotes solidários também fazem parte da programação.

A semana termina com estilo às 18h30 no PUTZ!, a mostra e premiação de cinema universitário trash com curtas produzidos pelos alunos que ingressaram em 2011. Quem levar as estatuetas pode celebrar a vitória logo em seguida, com uma festa de recepção aos calouros realizada no campus.

Se você é um aluno novo, aproveite a semana para fazer amigos entre calouros e veteranos, conheça a estrutura do campus onde você vai passar os próximos anos (quatro, no mí­nimo). Se você é veterano, procure ajudar os recém-chegados e aproveite para fazer novas amizades sempre com aquele pensamento de que você já foi calouro um dia.

Primeira semana é integração e diversão entre os novos e velhos alunos.
UFPR

O cinema trash tem presença garantida no curso de Comunicação Social
Divulgação
NOTÍCIAS RELACIONADAS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Populares

Comentários recentes