Free Porn





manotobet

takbet
betcart




betboro

megapari
mahbet
betforward


1xbet
teen sex
porn
djav
best porn 2025
porn 2026
brunette banged
Ankara Escort
1xbet
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com

1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com

1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
betforward
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co

betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co

betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
deneme bonusu veren bahis siteleri
deneme bonusu
casino slot siteleri/a>
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Cialis
Cialis Fiyat
deneme bonusu
padişahbet
padişahbet
padişahbet
deneme bonusu 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet 1xbet untertitelporno porno
qui 18 jul 2024
HomeDestaquesLivro "Ibiúna, anteontem" relembra prisão de estudantes de Curitiba na ditadura

Livro “Ibiúna, anteontem” relembra prisão de estudantes de Curitiba na ditadura

Livro-reportagem narra a história de cinco universitárias de Curitiba que foram presas no Congresso da União Nacional dos Estudantes, em 1968, em Ibiúna

O dia 31 de março de 1964 foi marcado pelo golpe militar que depôs o então presidente João Goulart e instaurou a o período de Ditadura Militar no país. Quatro anos depois, em dezembro de 1968, o Ato Institucional 5 (AI-5) inaugurou o período mais sombrio da ditadura, que fechou o Congresso Nacional e assembleias legislativas dos estados, instituiu a censura prévia, permitiu a cassação de mandatos de políticos e a retirada de direitos políticos de qualquer cidadão.

Dois meses antes, em outubro, aconteceu o Congresso da União Nacional dos Estudantes (Une) em Ibiúna, no interior de São Paulo. O evento reuniu estudantes universitários de todo o país com o objetivo de eleger o novo presidente da Une de forma clandestina, já que a ditadura havia proibido a entidade de reunir os representantes.

Cinco estudantes universitárias de Curitiba, estudantes da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), estiveram no Congresso de Ibiúna. Quando o aparato repressor da ditadura soube do evento e cercou o terreno onde ele acontecia, elas e mais cerca de 1,2 mil estudantes foram presos e ficaram quatro dias no presídio de Tiradentes.

O livro-reportagem “Ibiúna, anteontem” (2016), da jornalista Júlia Ledur, conta a história dessas cinco mulheres, a partir da volta de Ibiúna para Curitiba em um ônibus fretado pelo então governador do Paraná, Paulo Pimentel, e tudo o que aconteceu politicamente com as universitárias a partir deste episódio.

O material foi o produto do Trabalho de Conclusão de Curso em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) da jornalista. Em 2017, Ibiúna, anteontem conquistou o primeiro lugar na categoria livro-reportagem no 21º Prêmio Sangue Novo no Jornalismo Paranaense. É possível conferir o livro no link abaixo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Pular para o conteúdo