Free Porn





manotobet

takbet
betcart




betboro

megapari
mahbet
betforward


1xbet
teen sex
porn
djav
best porn 2025
porn 2026
brunette banged
Ankara Escort
1xbet
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com

1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com

1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
betforward
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co

betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co

betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
deneme bonusu veren bahis siteleri
deneme bonusu
casino slot siteleri/a>
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Cialis
Cialis Fiyat
deneme bonusu
padişahbet
padişahbet
padişahbet
deneme bonusu 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet 1xbet untertitelporno porno
sex 19 jul 2024
HomeDestaquesReestruturação do prédio do Departamento Acadêmico Nilo Cairo, o DANC, pode levar...

Reestruturação do prédio do Departamento Acadêmico Nilo Cairo, o DANC, pode levar até três anos

DSC_0265
Em reunião de vistoria com alunos do departamento, a secretária de pró-reitoria, Luci de Oliveira, disse que é necessária uma nova ideia de ocupação  (Foto: Valsui Júnior)

Nesta última sexta-feira (13), alunos do DANC – Departamento Acadêmico de Medicina Nilo Cairo, estiveram em reunião de vistoria da edificação localizada na Rua Ébano Pereira, 114, no centro de Curitiba. Estavam presentes o pró-reitor de Administração, Álvaro Pereira de Souza, sua secretária, Luci Leni de Oliveira e o engenheiro responsável pela obra de reforma, Mário Taguchi.

De acordo com a vistoria, cerca de 40% da estrutura do prédio deverá ser reformada, incluindo a criação de um auditório ou uma casa de assistência à saúde no primeiro andar. Além destas mudanças, uma reforma nas escadas e no elevador frontal e a construção de uma saída de incêndio serão necessárias de acordo com o novo projeto. “O processo de licitação é o que mais demora, seguido do projeto arquitetônico e, por fim, a obra em si”, afirmou o engenheiro.

Dados estimados pelo pró-reitor calculam que o prédio estará pronto para ocupação em um universo de dois anos e meio a três anos, caso não haja atraso de verbas. “Nada do que vai ser feito será sem discussão e aprovação dos alunos do departamento acadêmico”, reiterou Álvaro. Quanto aos eventos no prédio nos finais de semana durante o período de reforma, deverão ser analisados pela Pró-Reitoria.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Pular para o conteúdo