qua 27 out 2021
HomeDestaquesSeleção brasileira feminina de futsal de surdos busca colaboração de financiamento coletivo...

Seleção brasileira feminina de futsal de surdos busca colaboração de financiamento coletivo para participar do Mundial

A prática do futsal de surdos tem evoluído e ganhado novos panoramas no Brasil, prova disso é a participação da equipe feminina brasileira no Mundial de Futsal dos Surdos de 2015, que ocorrerá na Tailândia, em novembro. Entretanto, sem auxílio financeiro do Governo e da iniciativa privada, a seleção encontra dificuldades para pagar a viagem e estadia de suas atletas, entre elas, 4 paranaenses. A solução é o financiamento coletivo, por meio do que as meninas chamam de vaquinha dos brasileiros.

Equipe reunida nos últimos treinos (Foto: Divulgação)
Equipe reunida nos últimos treinos
(Foto: Divulgação)

O time é o único a representar a América no Mundial de 2015. Com os títulos dos Jogos Pan Americanos de Surdos, em 2012, e do Campeonato Sul-Americano de Futsal Feminino dos Surdos, em Santiago/Chile, em 2013, a seleção já conta com a participação em um Campeonato Mundial no currículo. A atleta curitibana Josiane Poleski, convocada para a equipe, conta que o Brasil marcou presença na edição de 2011, na Suécia. “Não conseguimos o título, pois o objetivo era buscar experiência e conhecer melhor o esporte em outros países”, revela.

Os treinos acontecem em Jundiaí-SP, local estratégico e central para todas as surdas-atletas da Seleção. O professor Vanderlan é quem comanda a equipe há mais de 3 anos. Poleski transmite ainda o otimismo em relação a este ano: “A expectativa é estarmos entre as cinco melhores colocações no campeonato mundial.”

A meta é arrecadar R$ 21.000,00 no portal Vakinhas, a fim de custear parcialmente a viagem. Para contribuir, basta clicar aqui e seguir conforme orientações do site. O pagamento pode ser realizado através do cartão de crédito ou boleto.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares