Free Porn





manotobet

takbet
betcart




betboro

megapari
mahbet
betforward


1xbet
teen sex
porn
djav
best porn 2025
porn 2026
brunette banged
Ankara Escort
1xbet
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com

1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com

1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
betforward
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co

betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co

betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
deneme bonusu veren bahis siteleri
deneme bonusu
casino slot siteleri/a>
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Cialis
Cialis Fiyat
deneme bonusu
padişahbet
padişahbet
padişahbet
deneme bonusu 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet 1xbet untertitelporno porno
ter 23 jul 2024
HomeCultura100 anos da Semana de Arte Moderna: relembre 22 obras que revolucionaram...

100 anos da Semana de Arte Moderna: relembre 22 obras que revolucionaram a arte brasileira

Inspirada nas vanguardas europeias, a SAM reuniu nomes como Mário de Andrade, Anita Malfatti e Cândido Portinari e buscou valorizar a cultura do Brasil

Entre os dias 13 e 18 de fevereiro de 1922, aconteceu em São Paulo a semana que foi o marco do rompimento com o conservadorismo das artes no Brasil: a Semana de Arte Moderna (SAM). Artistas como Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Anita Malfatti, Heitor Villa-Lobos e Di Cavalcanti foram grandes destaques do evento e tinham como objetivo seguir a linhagem futurista que surgiu na Europa após a Primeira Guerra Mundial. Além disso, os organizadores também pensaram em trazer uma arte que trouxesse, em maior peso, a essência da cultura brasileira.

Em 1922, as obras não foram recebidas de modo positivo — o que ficou evidente pelas vaias que o autor Manuel Bandeira recebeu ao ler o poema “Os Sapos” na abertura da Semana. Agora, porém, críticos reconhecem que o movimento foi extremamente importante para que a arte atingisse o caráter social e denunciatório, incluindo as minorias.

As obras, que incluem pinturas, esculturas, peças literárias e musicais, trazem reflexões que podem ser aplicadas ao contexto contemporâneo, como “Operários”, de Tarsila do Amaral, a qual trata sobre o período da industrialização brasileira. Por isso, no aniversário de 100 anos da SAM, relembramos algumas das obras da exposição e também inspiradas por ela.

Louize Lazzarim
Estudante de Jornalismo da UFPR.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Louize Lazzarim
Estudante de Jornalismo da UFPR.
Pular para o conteúdo