qua 28 fev 2024

Monthly Archives: Outubro, 2008

Futebol Americano, cada vez mais curitibano




Desde 2001 a bola oval, utilizada para se jogar Futebol Americano, passou a ser presença constante nos gramados dos parques de Curitiba, com a fundação do Brown Spiders primeira equipe da capital. A partir daí o esporte passou a ganhar adeptos: surgiram o Barigüi Crocodiles, o Curitiba Hurricanes, o Ice Flowers e o Vespas Curitiba. De lá para cá, o esporte foi evoluindo tanto na técnica quanto na infra-estrutura. Hoje as equipes masculinas já contam com equipamentos de proteção que variam de time para time mas no início tinham apenas a bola e a vontade de difundir o esporte que costumavam ver apenas pela TV.

Novas armas contra velhas inimigas




Lipodistrofia ginóide, ao contrário do que parece, não é o nome de uma nova e complexa doença. Na verdade, é uma velha conhecida das mulheres: a celulite. Por mais que elas insistam, batam o pé e tentem se livrar dessas pequenas imperfeições, não há jeito: a celulite, como as estrias e varizes, não tem cura. Mas isso também não significa que as moças terão de conviver com esses problemas. Além de ser possível evitar sua ocorrência ou pelo menos boa parte dela , os especialistas têm se empenhado em oferecer uma gama cada vez maior de tratamentos para amenizar tais incômodos.

Cara de um, focinho do outro




Nascimentos de irmãos gêmeos são raros é um caso a cada 90. Os chamados gêmeos fraternos, bivitelinos ou dizigóticos não têm necessariamente as mesmas características físicas e o sexo pode ser diferente. Nesse caso, são resultado de óvulos diferentes, fecundados separadamente. Já os gêmeos idênticos, univitelinos, ou monozigóticos, são iguais fisicamente porque apenas um óvulo foi fecundado e dividiu-se em duas partes idênticas, gerando bebês com o mesmo sexo e com as mesmas características físicas. São mais raros e representam cerca de 30% dos casos de gêmeos.

Tecnologia dentro do seu guarda-roupa




Já se foi o tempo em que as roupas serviam apenas para cobrir e proteger o corpo. Hoje é possível até mesmo melhorar o desempenho de atletas com peças especialmente desenvolvidas para a área de esportes. Grande parte do mérito por essa evolução cabe dos tecidos tecnológicos, que trazem novidades que até parecem ficção científica. Já existem no mercado, por exemplo, roupas inspiradas nas pesquisas da NASA, a agência espacial mais conhecida do mundo.

Exames e consultas a preços populares




O descaso do Sistema Único de Saúde (SUS) e os altos preços dos planos de saúde estão obrigando a população a procurar por alternativas mais baratas e menos precárias. De olho nessa tendência, algumas empresas particulares estão oferecendo consultas com médicos especialistas e exames de laboratório a preços populares.

UFPR Litoral promove Feira de Ciências




Foi aberta na última quinta-feira, 20, a Feira de Ciências da UFPR Litoral. A mostra traz trabalhos desenvolvidos nas áreas de saúde, meio ambiente, física, astronomia e história, e é destinada a estudantes do ensino fundamental e médio.

Crítica: O último (e demorado) presente




Dia chuvoso, orçamento reduzido. Ir ao cinema? Nada feito. Melhor passar na locadora e conferir os lançamentos, de preferência justamente os que não apareceram na telona. E lá está ele, entre Indiana Jones e Meu nome não é Johnny. O presente. Que, diante das expectativas, foi mesmo um presente.

Concerto da Filarmônica da UFPR no Teatro da Reitoria




O Teatro da Reitoria recebe em palco nessa quinta-feira, às 20h30, a Orquestra Filarmônica da UFPR. Com entrada gratuita, a apresentação traz no programa a Suíte da Ópera Carmen, de Bizet - de tamanho sucesso em sua época de lançamento que fez com que o próprio compositor separasse-a em trechos para apresentação.

Avaliação Institucional da UFPR




Mais de quatro mil pessoas participaram do processo para avaliar a UFPR. As 29 questões tinham por objetivo avaliar a estrutura física, qualidade de ensino, programas de extensão, corpo docente e funcional. O resultado, apresentado pelo Conselho Universitário, revelou que mais de 60% dos participantes discordam do sistema de cotas raciais e sociais. O acesso de deficientes físicos foi considerado insuficiente, assim como a estrutura de bibliotecas e laboratórios. O baixo número de vagas tanto na graduação quanto na pós-graduação também foi apontado como uma falha na universidade.

Homens de vestido vão ao divã




Os crossdressers (CDs) sofrem uma compulsão: se vestir de mulher, embora a maioria deles seja heterossexual e preserve sua masculinidade. Vários deles foram pacientes de Eliane Kogut, psicanalista, doutora em psicologia clínica.

Mais de três mil desistências na primeira fase do vestibular da UFPR




O número de desistências no processo seletivo 2009 da UFPR superou em pouco mais de 1% o índice registrado no ano passado: dos 43.509 candidatos inscritos, 3.090 não compareceram aos locais de prova. A primeira fase do vestibular, realizada no último domingo, 16, foi aplicada em 21 locais de Curitiba e em outros quatro em Palotina. O processo contou com mais de três mil pessoas envolvidas, entre aplicadores de prova, fiscais e outros profissionais.

A ciência da morte




Em outubro deste ano, aconteceu em Curitiba o II Encontro de Tanatologia do Hospital de Clínicas da UFPR. Os temas abordados eram variados desde Bioética e Tanatologia até Espiritualidade e Saúde. A Tanatologia ciência que se preocupa com enfermos em fase terminal nasceu há quase 50 anos. A origem do termo vem das palavras Tánatos (deus da mitologia grega que representa a morte) e Logos (em grego, estudo). Sua preocupação fundamental é, em vez lamentar uma existência que poderia ter sido mais longa, proporcionar ao paciente terminal o melhor bem-estar possível em seus últimos momentos de vida.

Fandango vivo




Há apenas alguns quilômetros da capital, no litoral paranaense, uma tradição de violões, pandeiros e violinos rudimentares se mantém há séculos, desconhecida por muitos curitibanos. Os instrumentos, todos construídos pelos próprios músicos, são na verdade violas, adufos e rabecas, a formação instrumental básica do fandango.

Projeto beneficia o esporte em Curitiba




Nem todos os atletas têm condições para seguir a carreira esportiva com que sonham. O principal obstáculo enfrentado pela maioria deles é a grande quantidade de despesas, relacionadas ao treinamento (compra de equipamentos e materiais esportivos) e às competições (viagens, hospedagens, alimentação). A Lei Municipal de Incentivo ao Esporte foi criada justamente para que atletas sem patrocínio recebam um auxílio financeiro para cobrir todos esses gastos e possam ter boas condições para treinar e competir. Ela capta recursos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), que são investidos diretamente nos projetos esportivos.

Divulgado ensalamento dos vestibulares da UFPR e UTFPR




Já estão disponíveis na internet o comprovante de ensalamento dos candidatos aos processos seletivos da UFPR (www.nc.ufpr.br) e da UTFPR (www.vestibular.utfpr.edu.br).

Os vestibulandos devem imprimir os documentos e levá-los consigo no dia da prova.

Narrativas sobre o horror




Até que ponto pode chegar a perversão humana? Ao que parece, o limite ainda não foi atingido. Foi o que constatou o jornalista Mauri König, repórter da Gazeta do Povo. Ele percorreu 28 mil quilômetros ao longo de quase dois meses na região Norte do país para escrever sobre a exploração sexual comercial de crianças e adolescentes, um problema sério enfrentado pelo Brasil. Voltou com várias histórias e escreveu a série de reportagens 'Infância no limite', que lhe rendeu vários prêmios. Trabalhando em conjunto com o fotógrafo e colega de redação Albari Rosa, König se infiltrou em ambientes onde a exploração era rotineira, e a infância, vendida a preços mínimos. Nos locais por onde o jornalista passou, a prática era vista como normal por policiais, famílias e empresas, já que as meninas e meninos muitas vezes sustentavam suas casas com o dinheiro da prostituição.

O meu, o seu, o nosso Centro Acadêmico




Um espaço pequeno, grande o suficiente para comportar apenas uma tevê, uma mesa de sinuca, outra de pebolim, um grande sofá ou um computador. As paredes? Coloridas, grafitadas, decoradas com objetos ou pôsteres de filmes e bandas. Um lugar ocupado, geralmente, por muitas pessoas apressadas ou não, parecidas ou não -, que têm uma coisa em comum: passam cerca de quatro anos de suas vidas convivendo diariamente e passando a maior parte do seu tempo nesse espaço tão característico e tão aconchegante.

Infância sem retorno




Há alguns dias, o tema da violência contra crianças voltou a ser debatido com intensidade em Curitiba. Na capital e no interior do estado (Castro e Querência do Norte), três crianças foram mortas de forma brutal, duas delas vítimas de violência sexual. Embora o tema apareça na mídia e mobilize a população por Justiça e penas mais rígidas aos assassinos, muitas crueldades permanecem em segredo, dentro de casa. Em Fazenda Rio Grande, um pai foi acusado de abusar sexualmente de 10 de seus filhos, mas poucos casos vêm à tona como esse. A denúncia é apenas o primeiro passo de um longo tratamento que pode nunca apagar os traumas, quando a criança sobrevive à violência.

Combate à fome: existe solução?




Em 2008 comemora-se o centenário do nascimento de Josué de Castro, médico, professor, geógrafo, sociólogo e político que teve a luta contra a fome como a principal bandeira de seus estudos. Nascido em Pernambuco, Josué de Castro teve suas principais obras, Geografia da Fome e Geopolítica da Fome, traduzidas em mais de 25 idiomas e recebeu duas indicações para o Prêmio Nobel da Paz.

70 anos do SCHLA




A festa de encerramento das comemorações pelos 70 anos do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes (SCHLA) que se iniciaram em março deste ano acontece nesta terça-feira, dia 11 de novembro, no Teatro da Reitoria, a partir das 19 horas.

POPULARES

Pular para o conteúdo