ter 07 fev 2023
HomeTop 10: As melhores do Festival de Curitiba
Array

Top 10: As melhores do Festival de Curitiba

Entre os dias 27 de março e 8 de abril, a cidade de Curitiba vira um palco que acolhe as artes cênicas de todo o paí­s. São centenas de espetáculos de comédia, humor, drama e opções para todos os gostos e bolsos na 21a edição do Festival de Curitiba.

Está difí­cil escolher as peças que você vai assistir? O Comunicação dá uma ajudinha para você. Selecionamos dez peças imperdí­veis nesta edição do Festival. Bom espetáculo!

1. O Casamento

A peça estreou em 21 de março de 1997 na Ópera de Arame dentro da Mostra Oficial do Festival de Teatro de Curitiba. Em 2012, para celebrar o centenário de Nelson Rodrigues, Os Fodidos Privilegiados voltam com uma remontagem do texto, mantendo o elenco original. A reestreia nacional será aqui no FC. O texto conta a história de Dr. Sabino, um rico empresário, que descobre na véspera do casamento da filha que seu futuro genro é homossexual.

Quando? 30 e 31 de março às 21h

Onde? Guairão

Quanto? R$ 50 (inteira) e R$25 (meia)

2. Judy Garland O fim do Arco-í­ris

A vida de Judy Garland (1922 1969) foi certamente mais dramática que as inúmeras personagens e canções imortalizadas por ela em filmes, shows e discos. A intensidade sempre deu o tom de sua carreira, passando pelo avassalador sucesso juvenil em “O Mágico de Oz”, uma série de casamentos fracassados e a dependência quí­mica. A peça flagra os bastidores de sua última turnê, em Londres, entre momentos no palco e em um quarto no Hotel Ritz, onde se hospedava com seu quinto marido. O texto, do inglês Peter Quilter, ganhou versão brasileira com a assinatura da dupla Charles Möeller e Claudio Botelho.

Quando? 05 e 06 de abril, às 21h

Onde? Guairão

Quanto? R$ 50 (inteira) e R$25 (meia)

3. Los Pájaros Muertos

A peça gratuita abre o Festival. Situado em um universo que representa a vida e obra de Pablo Picasso, o espetáculo recita o desaparecimento constante dos homens que vieram para a vida do pintor, o destino inevitável dos personagens que acompanharam um dos homens mais proeminentes do século XX e compartilharam com ele os anos frutí­feros e destrutivos desse século. Baseando-se em um pretexto de pintura, a peça entra em um campo alegórico de guerras, viagens e amores. Arte, Sexo e Morte constroem um painel de imagens evocativas da paixão com que o pintor trabalhou toda sua vida. A peça é uma viagem pelos anos e nomes que compartilharam o tempo, as cidades e cafés com Pablo Picasso durante os 92 anos em que viveu o pintor.

Quando? 28 de março, às 20h

Onde? Bebedouro do Largo da Ordem

Quanto? Gratuita

4. Luí­s Antonio Gabriela

Por meio de impressões recortadas, o espetáculo conta a história de um travesti que se tornou uma figura conhecida no exterior sob o codinome Gabriela. O irmão caçula que ele abusa sexualmente; a irmã mais velha que sai em sua busca; o pai que não o reconhecia como filho; amigos e colegas que sentem um misto de estranhamento e admiração por sua figura, e o olhar do próprio Luis Antonio, garoto que aos oito anos descobre a homossexualidade, constroem essa história que trata da busca por uma identidade.

Quando? 01 e02 de abril às 21h

Onde? SESC da Esquina

Quanto? R$ 50 (inteira) e R$25 (meia)

5. Palácio do Fim

Dirigida por José Wilker, a peça é baseada em relatos verí­dicos sobre experiências vividas no Iraque antes e depois da invasão americana em 2003. Com precisão e intensidade a peça narra a forma pela qual três vidas, mesmo em lados opostos de um conflito, podem ser modificadas e conectadas pela barbárie. Palácio do Fim, referência à antiga sede da câmara de tortura de Saddam Hussein, leva o público a observar como, nas mais diferentes culturas, a irracionalidade traça sempre o caminho da dor.

Quando? 31 de março e 01 de abril às 21h

Onde? Teatro Bom Jesus

Quanto? R$ 50 (inteira) e R$25 (meia)

6. Memórias Torturadas A Ditadura e o Cárcere no Paraná

Peça protagonizada em ala de detentos do presí­dio do Ahú, narra a história verí­dica de quatro presos polí­ticos que foram detidos pela ditadura militar na chamada “Operação Marumbi”. Baseada na obra “Memórias Torturadas (e alegres) de um Preso Polí­tico” de Ildeu Manso Vieira e nos arquivos do antigo DOPS – Departamento de Ordem Polí­tica e Social. Iniciativa de ambientar, em espaço verí­dico e alternativo, recorte histórico de luta pela construção da liberdade e democracia no Brasil, a partir do Paraná.

Quando? 29, 30 e 31 de março e 05, 06 e 07 de abril às 23h59

Onde? Penitenciária do Ahú

Quanto? R$30 (inteira) e R$15 (meia)

7. Os Saltimbancos

O espetáculo conta a história de quatro animais que, cansados de maus tratos e imposições feitas pelos seus patrões, unem-se através da música e resolvem partir na busca dos sonhos de liberdade e felicidade. Nessa jornada cheia de trapalhadas, perigos e aventuras, o grupo se depara com lições de vida. Dirigido por Mauricio Vogue e com composições de Chico Buarque.

Quando? 31 de março e 01, 07 e 09 de abril às 16h

Onde? Teatro Regina Vogue

Quanto? R$40 (inteira) e R$20 (meia)

8. Oxigênio

A peça é dividida em 10 composições, cada uma delas associada a uma citação bí­blica. As relações derivadas dessas referências funcionam como provocações que se manifestam em contrapontos, revisões e iconoclastias. Existe uma “fábula” narrada pela dupla de atores, que conta a história do Sacha e da Sacha, um cara de uma pequena cidade do interior e uma garota da cidade grande. Um belo dia, por acaso, eles se encontram e surge um “amor louco”. Na perspectiva desse encontro, o Sacha volta para sua pequena cidade e mata a própria esposa a golpes de pá.

Quando? 07 de abril, às 21h, e 08 de abril, às 20h.

Onde? Teatro HSBC

Quanto? R$30 (inteira) e R$15 (meia)

9. Satyricon Delí­rio

Adaptação do romance clássico de Petrônio, escrito em Roma, há 2000 anos. Ascilto, Encolpo e Giton, três tí­picos malandros, têm uma relação amorosa triangular, às vezes romântica, às vezes puramente carnal. Houve quem os considerasse uma “profaní­ssima trindade homossexual”. Vivem aventuras numa Roma decadente, promí­scua, caótica e determinada pelos deuses. Sob o signo da orgia, da embriaguez e da confusão de todos os apetites, o trio escancara uma sociedade que contém pouquí­ssima diferença da atual, principalmente no que diz respeito aos c ostumes, moral e ética. “Satyricon, de Petronio” já foi chamado de “um romance jovem de quase dois mil anos de idade”!

Quando? 06, 07 e 08 de abril, às 22h30

Onde? Espaço Cênico

Quanto? R$ 50,00 e R$ 25,00 (meia)

10. A Regra é Cômica

A Regra é Cômica é um espetáculo de Improvisação de Palhaços. A plateia sugere os temas e as cenas cômicas são criadas na hora. Compõe o espetáculo, além dos jogadores, um Mestre de Cerimônias e um músico improvisador. Um espetáculo inédito a cada apresentação!

Quando? 01 de abril às20h

Onde? Cia dos Palhaços

Quanto? R$20 (inteira) e R$10 (meia)

A peça erótica Delí­rio Satyricon é uma das apostas da Mostra XXX, novidade nesta edição do Festival
Divulgação
O Casamento, que celebra o centenário de Nelson Rodrigues, tem sua reestreia no Festival
Divulgação
Los Pájaros Muertos tem entrada franca e abre o FC no Largo da Ordem
Divulgação
NOTÍCIAS RELACIONADAS