sex 22 out 2021
HomeNotas comunicação Relatório avalia a ampliação das universidades federais

Relatório avalia a ampliação das universidades federais

A análise feita pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) afirma que a expansão das universidades federais a partir do projeto Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, apoiado pelo Reuni,  não agregaram melhorias na infraestrutura das instalações públicas, tampouco nas condições de trabalho dos professores.

O estudo Precarização das Condições de Trabalho I – Cargos, Vagas e Reuni: os Efeitos da Expansão Quantitativa da Educação Federal descreve que há corredores com amontoados de equipamentos e obras atrasadas à espera de conclusão em diversos campi. Além disso,  a falta de professores suficientes, más condições e longas jornadas de trabalho agravam as condições das universidades.

Marinalva Oliveira, presidente do Andes-SN, afirma que a entidade é a favor da ampliação, desde que alie qualidade a esse processo. Diz, ainda, que os problemas já existiam, antes mesmo do Reuni. “Faltam laboratórios, professores e técnicos”, aponta Oliveira.

Segundo o MEC, 62% das obras contratadas para o Reuni estão finalizadas e 26% em execução.A previsão é que até 2014  haja um total de 63 universidades federais, com 321 campi distribuídos em 272 municípios do país. Deve ocorrer a contratação de 4,4 mil professores e 2147 técnicos administrativos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes