dom 24 out 2021
HomeCidadeHospital de Clínicas da UFPR recebe doação de leite humano

Hospital de Clínicas da UFPR recebe doação de leite humano

O Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital de Clínicas (HC) da UFPR é um centro especializado em coleta e análise de leite humano. Desde 1987, estimula mulheres com filhos recém-nascidos a doar o líquido para bebês cuja mãe ainda não consegue amamentar. O Banco recebe em média 140 litros de leite por mês, de mães que entram em contato com o serviço. A coleta é feita em domicílio ou no próprio HC.

Para dar conta do trabalho, o Banco conta com duas equipes: uma de nutrição e outra de enfermagem. A primeira é responsável pela análise do leite, pasteurização – processo que livra o alimento de microrganismos – e pela distribuição entre as crianças internadas.

Já a equipe de enfermagem atende gestantes e mães, auxiliando-as na amamentação. São também os enfermeiros que fazem a coleta domiciliar – o Banco de Leite vai até a casa da doadora que tenha entrado em contato previamente por telefone ou pessoalmente. “Nas primeiras visitas a gente senta, conversa e explica como funciona”, relata Consuelo Trancoso, que integra a equipe de enfermagem.

Segundo a Coordenadora do BLH Celestina Grazziotin, é normal que nos primeiros dias de vida do filho a mãe não consiga produzir leite devido ao seu estado emocional.

Celestina Grazziotin expressa a paixão pela profissão com ilustrações e poemas sobre amamentação, que decoram algumas paredes do Banco de Leite.

“Sempre quis ser doadora”

Professora do primário e mãe desde o dia 26 de outubro Marcela Felipe Padilha é uma das doadoras do BLH. Como a filha passou por uma cirurgia, ela está diariamente no HC acompanhando o bebê, recebendo, assim, todo o apoio do hospital. “Minha sogra era doadora e eu sempre dizia que, quando eu tivesse um bebê, também iria doar”, conta.

Além das mulheres que tiveram parto normal, é comum que mães que passaram por cesariana ou tiveram o bebê prematuramente recorram ao BLH. “Por causa de seu estado psicológico. A mulher produz leite a partir do quarto mês”, esclarece Grazziotin.

Doação está associada à divulgação

Também segundo a Coordenadora, houve um aumento de doações durante os mais de vinte anos em que trabalha ali. Se antes as visitas diárias não passavam de cinco, hoje a realidade é outra. “Hoje temos temos de dez a quinze”, diz.

Mas ela sustenta que esse número poderia ser ainda maior. “Se nós tivéssemos, por exemplo, carro disponível o dia inteiro e mais pessoas pra processar o leite, com certeza teríamos mais doações”.

No BLH desde 1991, Grazziotin esclarece que não existe um período em que há mais produção de leite humano. Ela associa o volume da coleta à divulgação feita pelo HC. “A doação às vezes cai porque a gente não divulga tanto quanto deveria”, defende. Ela também considera extremamente importante os profissionais da área ajudarem a divulgar o Banco para as futuras mães.

Serviço

Banco de Leite Humano do HC: 3360-1867 – das 08 às 18 horas de segunda à sexta feira. Endereço: Rua General Carneiro, 181 – Curitiba/PR, prédio da Maternidade do HC.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes