sex 22 out 2021
HomeOpiniãoO que acontece em Istambul é o que acontece no mundo

O que acontece em Istambul é o que acontece no mundo

Praça Taksim, em Istambul, antes dos protestos

No início do mês de junho Istambul esteve no centro dos noticiários mundiais por conta das manifestações na Praça Taksim. A praça, que representa a maior área verde da cidade, estaria destinada a virar Shopping Center. A população ocupou a região para evitar a derrubada e o que recebeu em troca foi agressividade exagerada por parte da polícia local. O protesto, que se iniciou pacífico, agora coleciona feridos, tanto civis quanto militares. Vinte e cinco civis foram presos por lançarem coquetéis molotov contra a polícia. Nenhum policial foi preso por ferir mais de 5 mil pessoas e deixar 3 mortos.

A polícia, que vem armada e protegida, está apenas em seu estrito dever legal, algo que no Brasil exclui a ilicitude e não torna a ação criminosa. Ainda que o Direito Penal turco não funcione da mesma forma, não faria diferença. O governo está ao lado da polícia. A polícia está ao lado do governo. Ninguém está ao lado dos manifestantes. A falta de respeito à população se iniciou no momento em que a opinião pública foi contrariada e a praça se tornaria shopping. A partir disso só piorou. Quantidades absurdas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta foram usadas contra os manifestantes e os animais de rua, que morreram envenenados. Ruas que davam acesso à praça foram fechadas, metrôs bloqueados e meios de comunicação foram interditados. O abuso vem das autoridades que deveriam representar e não enfrentar.

A população é desrespeitada enquanto luta por mais respeito.  Uma luta que está deixando rastros de sangue de mortos e feridos, mas que busca deixar rastros de liberdade para as próximas gerações. O que começou na Turquia nesse mês é só um pedaço de tudo o que está ocorrendo no mundo todo, inclusive no Brasil.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes