seg 04 mar 2024
HomeCulturaProduções baseadas em jogos viram tendência em Hollywood

Produções baseadas em jogos viram tendência em Hollywood

Só na semana de estreia, filme de Super Mario Bros. acumulou U$ 377 milhões de bilheteria mundial

Super Mario Bros. – O filme, uma das animações mais aguardadas do ano chegou aos cinemas brasileiros nesta quinta (6). A produção do novo longa veio por meio de uma parceria entre a gigante dos games, Nintendo, com a Illumination Entertainment – estúdio de animação conhecido pela franquia Meu Malvado Favorito – prometendo trazer toda a diversão das aventuras do encanador bigodudo dos jogos para as telonas.

Segundo dados da revista The Hollywood Reporter, o longa (trailer abaixo) acumulou em sua semana de estreia impressionantes U$ 204 milhões nos Estados Unidos e U$ 377 milhões mundialmente, se tornando a maior arrecadação de um filme baseado em games em solo americano e a maior estreia global de um filme animado da história. Fato curioso é que a animação está sendo lançada praticamente 30 anos após o infame filme live-action de Super Mario, lançado em 1993, o que revela como a relação de Hollywood com os videogames mudou nessas últimas três décadas.

Má fama dos filmes baseados em games

Filmes baseados em jogos têm uma má reputação dentro da indústria por serem produções de baixíssima qualidade, que descaracterizam completamente o material original, resultando em péssimas críticas e retorno financeiro. Além do já citado Mario Bros. de 1993, outras terríveis obras como Street Fighter (1994), Doom (2005) ou mais recentemente a série live-action de Resident Evil (2022) na Netflix, que foi cancelada logo após o lançamento de sua única temporada devido a péssima recepção de fãs e de críticos.

Entretanto, do final da última década para cá, uma nova leva de adaptações de games têm surgido para quebrar essa crença, com os estúdios fazendo investimentos de peso nestas produções. No ramo dos live-actions, Pokémon: Detetive Pikachu (2019) foi a primeira aposta da Nintendo nos cinemas desde 1993, sendo um sucesso comercial e de crítica. Outro mascote que também fez sucesso nas telonas foi Sonic, com dois filmes lançados em 2020 e 2022, respectivamente, com o Sonic 2 batendo recordes de arrecadação e sendo, até então, a maior bilheteria de um filme baseado em games nos Estados Unidos, U$ 190 milhões no país e U$ 405 milhões na bilheteria mundial, segundo dados do site Box Office Mojo. O sucesso do segundo longa garantiu um terceiro filme com previsão de estreia para dezembro de 2024.

(FOTO: Paramount Pictures/Sega)

Quanto a séries de TV, não há exemplo melhor que o live-action de The Last of Us, lançada no começo deste ano pela HBO. Fruto da parceria entre a Naughty Dog – desenvolvedora do game – e a mesma equipe criativa por trás de Chernobyl, o resultado se transformou em um verdadeiro fenômeno. Com ótimas atuações e roteiro muito fiel aos jogos, a série tornou-se um sucesso absoluto de crítica e audiência. Segundo a própria emissora, o episódio final contou com 8,2 milhões de espectadores em seu dia de estreia, quase o dobro quando comparado ao primeiro episódio com 4,7 milhões. A produção também se tornou o programa mais assistido da HBO Max, tanto na América Latina, como na Europa. Uma próxima temporada de The Last of Us já foi confirma pela HBO logo após o lançamento do segundo episódio da série.

Pedro Pascal e Bella Ramsey como Joel e Ellie. (FOTO: HBO/Naughty Dog)

No ramo de séries animadas, a Netflix se tornou uma grande expoente, sendo responsável por trazer as animações de Castlevania, clássico game de caçadores de vampiros com quatro temporadas, Cuphead – A Série, atualmente com três temporadas, Arcane, trazendo todo o universo de League of Legends em uma belíssima animação vencedora de 4 Emmys em 2022 e Cyberpunk: Mercenários, produzido pelo estúdio japonês Trigger, que recebeu ótimas avaliações pelo público e crítica, inclusive vencendo o prêmio de Melhor Anime do Ano no Crunchyroll Anime Awards de 2023, uma das principais premiações do ramo.

Adaptações de games em expansão

Ainda em 2023, será lançado o filme baseado no jogo de terror Five Nights at Freddy’s, com estreia prevista para 27 de outubro. Quanto a futuras produções, a Sony está trabalhando em um filme adaptado do game de samurais Ghost of Tsushima, dirigido por Chad Stahelski – responsável pela série de filmes de John Wick – bem como um filme de Metal Gear Solid, dirigido por Jordan Vogt-Roberts e estrelado por Oscar Issac. A Amazon Prime está desenvolvendo séries live-action baseadas em Fallout e God of War, a Netflix planeja adicionar em seu catálogo ainda uma continuação de Castlevania, uma animação de Splinter Cell e uma série live-action de Horizon, sem contar as diversas adaptações em desenvolvimento por demais estúdios.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Pular para o conteúdo