seg 25 out 2021
HomeDestaquesCentro Acadêmico: voz e representatividade para alunos da graduação

Centro Acadêmico: voz e representatividade para alunos da graduação

Organizados por alunos e para alunos, os Centros Acadêmicos (CAs) são agremiações estudantis cujo principal objetivo é representar os discentes de um curso dentro de uma universidade. De acordo com a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, a Universidade Federal do Paraná possui cerca de 85 Centros Acadêmicos – mas nem todos eles estão ativos.

Espaço ocupado pelo Centro Acadêmico de Engenharia Mecânica (Foto: Reprodução)
Espaço ocupado pelo Centro Acadêmico de Engenharia Mecânica
(Foto: Reprodução)

Um exemplo é o curso de Tecnologia em Gestão da Qualidade (TGQ), no Centro Politécnico: “Apesar de termos duas companheiras de classe que frequentam e tem voz ativa no Colegiado, poderíamos ter representação ainda mais forte nas decisões do SEPT”, diz Alexandre Quintanilha, estudante do terceiro período de TGQ. “Além disso, não temos uma semana acadêmica, o que nos daria uma visão além do limite da sala de aula”, completa.

A existência de um Centro Acadêmico não é obrigatória, mas a vida estudantil ganha respaldo com um CA. Ele atua como elo entre alunos, órgãos de representação geral, como o Diretório Central dos Estudantes (DCE), e universidade. Cada gestão é também responsável por oferecer assistência aos alunos e lutar por suas reivindicações, à exemplo do Centro Acadêmico de Engenharia Mecânica (CAEM): “Uma conquista bem importante do CAEM foi a modificação do pré-requisito para fazer estágio não-obrigatório”, diz Claudio Neto, membro do CAEM. “Antes só podia ser feito por quem tinha terminado o terceiro ano. Agora, só precisa ter terminado o primeiro”, comemora Claudio.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes