ter 23 abr 2024
HomeCidadeCircuito Interno de Feira vai até às 18 horas de quarta feira...

Circuito Interno de Feira vai até às 18 horas de quarta feira (25) no Centro Politécnico, da UFPR

A segunda edição da feira tem maioria de feirantes mulheres e conta com produtos como velas aromáticas, bolos, macramê e botons

Nesta terça-feira (24), teve início a segunda edição do Circuito Interno de Feira, organizado pela núcleo ACREFAM (Ações Para Completação de Renda Familiar) no Centro Politécnico, ao lado do prédio da administração da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O evento vai até quarta-feira (25) e está em funcionamento das 8h da manhã até 18h. Com produção artesanal as barraquinhas oferecem produtos de alimentação, artesanato e papelaria. De acordo com a programação, a cada segunda semana do mês o núcleo realiza uma feira no campus Centro Politécnico, e na primeira semana o evento é no campus da Reitoria.

Apesar do vento no início da manhã e a ameaça de chuva, os feirantes estavam positivos com as vendas. Entre os produtos a venda estão: pudim, empada, acarajé, batata frita, bolos, bolachas, queijos, sorvete, algodão doce, granolas, brigadeiros, itens de papelaria, aromatizador de ambiente, velas aromáticas, óleos vegetais, cerâmica, bijuterias, macramé, crochê,  botons, adesivos, chaveiros e placas em MDF. 

Após o sucesso da primeira edição a feira retorna mensalmente no Centro Politécnico, com organização da ACREFAM. Foto: Nayara Almeida/Jornal Comunicação.

De acordo com Lídia da Silva Joaquim, organizadora da feira e participante da ACREFAM- CIF (Ações para Complementação de Renda Familiar – Circuito Interno de Feiras), os expositores são formados majoritariamente por mulheres empreendedoras, que produzem e comercializam os produtos. Dessa forma, o objetivo da ACREFAM com as feiras é gerar oportunidades para pequenos empreendedores, principalmente mulheres, que produzam e comercializam seus próprios produtos. A primeira edição aconteceu nos dias 1, 2 e 3 de agosto de 2023 no campus da reitoria, da UFPR, desde então o núcleo foi se expandindo. 

“Como meu produto é cheiro é sentir é sensorial, as feiras me ajudam com isso e me possibilita estar em vários lugares da cidade onde estou mais perto do público. Então às vezes, por exemplo, você mora lá em Santa Felicidade algum dia eu vou fazer fera lá.”, relata Angela Favaro, de 35 anos, idealizadora da Hera Saboaria produtos biodegradáveis e sustentáveis de cuidados com o corpo, beleza e aromáticos. A empreendedora conta que começou a trabalhar na área natural quando estava de licença maternidade, após ser mandada embora focou ainda mais no negócio e atualmente participa de várias feiras pela cidade.

Expositor da Hera Saboaria no circuito de feira, alguns dos itens são sabonetes, velas aromáticas e velas de massagens. Foto: Nayara Almeida/Jornal Comunicação.

Já o casal de empreendedores donos da Zenzen, Michelle West e Marcio West, produz velas artesanais há mais de um ano, mas essa é a primeira vez deles na feira e estão aproveitando para ver o movimento e como é a experiência. Para a aposentada Marisa Rocha, empreendedora de bijuterias de miçangas, a Marrô Bijux, as peças ajudam com as dores além de trazer uma renda extra.

Alguns dos feirantes: Marrô Bijux @marrobijux, Zenzen @zenzencandles, Arte Trend @artetrend, Viviane Cardoso @confeitaria.saudavel.vivi, Hera Saboaria @hera.saboaria, Artigo Humanizao @artigohumanizado, Felicity @felicityartesanatogeek_, Raquel Folmann Leonel @magapanc_raquel e Docellos @docellosmagiadoalgodao

Próximas feiras:

Data: 07 e 08 de novembro

Local: Pátio do campus Reitoria – Rua XV de Novembro, 1299 – Centro

Horário: 08:00 às 18:00

Data: 13 e 14 de novembro

Local: Campus Centro Politécnico – Avenida Coronel Francisco H. dos Santos, 100 – Jardim das Américas

Horário: 08:00 às 18:00

O circuito de feira traz diversos segmentos de produtos para comercialização, e a maioria da produção é realizada manualmente pelos empreendedores. Foto: Nayara Almeida/Jornal Comunicação.

Nayara Almeida
Estudante de Jornalismo da UFPR.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nayara Almeida
Estudante de Jornalismo da UFPR.
Pular para o conteúdo