seg 25 out 2021
HomeCulturaDe Shakespeare à comédia Dell'arte

De Shakespeare à comédia Dell’arte

A Companhia de Teatro PalavAção da UFPR apresentou neste domingo (06) a peça Dom Ricardo Terzo. O espetáculo, encenado no palco do Theatro Municipal de Antonina, teve seu texto inspirado no personagem principal da obra Ricardo III (1593), de William Shakespeare.

O professor do Departamento de música e artes da Universidade, Hugo Mengarelli, é o diretor da Companhia e autor da releitura apresentada. Ele conta que o objetivo do projeto foi trabalhar com a perversidade e crueldade do personagem de Shakespeare. “Nós vivemos uma época marcada pela perversão, como talvez poucas vezes na história. Não só na polí­tica, onde é mais forte, mas também na rua”.

Na obra original, o dramaturgo inglês conta a história de Ricardo, Duque de Gloucester, e de como ele chegou ao trono da Inglaterra após o final da Guerra das Rosas (1455-1485). Na releitura do PalavrAção, Ricardo é um mafioso italiano que possui o mesmo perfil psicológico: é ambicioso, cruel e imoral.

Outra preocupação do grupo foi trabalhar com o idioma italiano na caracterização do personagem principal. Para isso procuraram a ajuda do diretor italiano Roberto Innocente que aceitou dirigir a peça. Farias conta que o desafio foi ainda maior, já que o italiano usado baseia-se no dialeto falado na região da Sicí­lia. “Às vezes, mesmo para quem entende o italiano, fica difí­cil compreender porque é um dialeto da Itália, mas nós procuramos mostrar o que ele está querendo dizer com o corpo e os gestos do personagem. Além disso, outros personagens traduzem muito do que o Dom Ricardo fala”, explica o ator Paulo César Farias, que interpreta Dom Ricardo.

Mengarelli explica que procurou utilizar vários idiomas e nacionalidades na construção do texto para intensificar a sensação de confusão e perplexidade diante da realidade. “Os únicos personagens que falam português são o delegado e o procurador, o resto mistura tudo. É a babel que vivemos hoje, esse neoliberalismo atroz que vivemos”.

Apesar de questionar a crueldade e a busca do poder do homem sobre o homem, Dom Ricardo Terzo é uma comédia inspirada pela comédia dell’arte italiana. “O Roberto Innocente trabalha muito com comédia dell’arte e trouxe esses elementos para a gente”, conta Farias. “A peça trabalha com questões como pedofilia e tráfico de relações, de órgãos e drogas. Procuramos mostrar essa podridão, mas com um pouco de humor para que a coisa não fique tão intragável”. Para Mengarelli, a intervenção do diretor foi essencial para o sucesso do espetáculo. “Esse texto já é por si só muito denso, se eu tivesse feito tragicômico teria ficado com algumas cenas muito duras”, desabafa o autor.

Apesar de questionar a crueldade e a busca do poder do homem sobre o homem, <i>Dom Ricardo Terzo</i> é uma comédia inspirada pela comédia dell'arte italiana
Manuela Salazar
Hendryo André
Professor do curso de Jornalismo da UFPR. Orientador do Jornal Comunicação.
NOTÍCIAS RELACIONADAS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Populares

Comentários recentes