ter 26 out 2021
HomeUFPRDiretoria do Sacod deve ir para o Campus Juvevê

Diretoria do Sacod deve ir para o Campus Juvevê

O novo Setor de Artes, Comunicação e Design da UFPR, apelidado de Sacod, deverá ter diretoria situada no Departamento de Comunicação (Decom), localizado no Juvevê. “No projeto da comissão de estudos, fizemos uma indicação para que ficasse no Decom”, ressalta a diretora do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes (Schla), Tarcisa Bega. O campus será sede de novo prédio, que abrigará todos os cursos do novo setor, mas cujas obras não têm previsão exata de início.

Os cursos da área de Humanas, antes incluídos no Schla, agora estão divididos em dois setores: o Sacod e um setor com os departamentos de Antropologia, Ciências Sociais, Filosofia, História, Letras, Música, Psicologia e Turismo. O desmembramento, de acordo com Tarcisa, foi proposto em 2008 e, em 2009, foi aprovado pelo Conselho Setorial de Humanas, antes de passar pela avaliação das pró-reitorias, em um trâmite comandado pelo Conselho de Planejamento e Administração (Coplad), que terminou com a aprovação definitiva do Conselho Universitário (Coun).

O objetivo da divisão, segundo Tarcisa, é construir uma identidade setorial, determinada pela afinidade entre cursos. “Concentrar áreas como Comunicação e Design possibilita estabelecer o que chamamos de economia de escala, pelo uso dos mesmos equipamentos e laboratórios”, explica. Um exemplo, ela cita, é um laboratório de cerâmica, que existe tanto no Departamento de Design, quanto no de Artes. “Seria um campus [o Juvevê] com cursos com características mais profissionalizantes, e não básicas, como Filosofia e História, seguindo a divisão clássica da educação universitária”, continua.

O que muda

Diretora do Schla aposta em três a quatro anos como prazo de conclusão do prédio onde funcionará o Sacod.
Em janeiro, começarão a ser definidos regimentos novos e nomes oficiais para cada setor. Segundo Tarcisa, ainda não se pode afirmar que o desmembramento vai representar aumento de recursos. “Vai haver um aumento de representatividade no Coplad e no Cepe [Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão], com a presença de um novo diretor. Também haverá aumento da cota de participação de alunos e funcionários nos conselhos”, completa.

Para Tarcisa, a aprovação do Sacod, com cursos distribuídos em três campi diferentes por um período indeterminado, não vai dificultar a gestão. “A Humanas está em cinco campi e gerimos a vida toda. Não é a forma ideal, mas não é impossível”, comenta a diretora de setor. Ainda segundo ela, esse é o motivo da construção do novo prédio no Juvevê.

A construção já tem um projeto arquitetônico, que está em fase de detalhamento. No próximo ano, serão feitos todos os processos, incluindo a licitação, que será aberta em 2014. “É necessário ainda captar recursos, mas não creio que o prédio saia antes de três ou quatro anos”, prevê Tarcisa. “Eu acredito muito no projeto. E acredito que nosso projeto acadêmico seja até melhor que o arquitetônico”, revela.

Campus Palotina vira setor

Outra mudança aprovada no mês passado é a transformação do campus Palotina em um setor da Universidade. “Já era um desejo muito antigo, anterior à expansão do campus. Acredito que a setorização será importante para nosso fortalecimento”, diz o coordenador do campus de Palotina, Vinícius Cunha Barcelos. O processo de mudança foi iniciado na metade de 2011. “Antes da expansão de 2009, como éramos muito pequenos, nossa possibilidade de atingir esse objetivo era menor”, explica.

Segundo Barcelos, o campus já possui autonomia orçamentária e para tomar a maioria das decisões internas. A transformação mais significativa, segundo ele, também seria o crescimento da representatividade. “Com mais assentos nos conselhos, passamos a ganhar importância política”, afirma ele. Além disso, o setor terá um novo regimento, que, como os outros dois novos setores, tem um prazo de seis meses para estar pronto. “O nosso regimento é de 2007 e já era defasado. Então já havia necessidade de criar um novo, que refletisse nossas condições atuais”, comenta.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes