qua 20 out 2021
HomeSociedadeEm busca da passagem perfeita

Em busca da passagem perfeita

 

Na busca pelo melhor preço, vale conhecer o mecanismo, seguir a intuição e estar sempre pesquisando

Comprar com antecedência” é a dica mais ouvida por quem procura passagens aéreas baratas. Mesmo sendo útil, não é sempre que funciona. Há vários itens a se levar em conta quando o assunto é viajar de avião, desde as primeiras pesquisas em sites especializados à compra da passagem, de fato. Para conseguir o melhor preço, é preciso compreender a lógica da definição do preços das passagens que as companhias aéreas criam.

Normalmente, as passagens ofertadas na internet variam de preço de forma muito rápida, com o custo aumentando à medida que a data do voo se aproxima. Isso ocorre porque as empresas costumam determinar os preços de acordo com o tipo de tarifa. No mesmo voo é possível, inclusive na mesma data, comprar assentos desde os mais baratos (como R$ 59) aos mais caros (R$ 250). O que muda são as vantagens que o consumidor tem para, dependendo do tipo de tarifa, remarcar o voo, cancelá-lo, e pontuar no sistema de créditos da empresa aérea: porém o serviço prestado pela companhia durante o trajeto será o mesmo. Dessa forma, à medida que os assentos livres diminuem e as tarifas mais baratas se esgotam, a passagem comprada de última hora pode ficar até mais de dez vezes mais cara.

Porém, ocorre outras vezes de se pagar menos mesmo comprando a passagem próxima ao voo. Isso acontece quando as empresas lançam promoções, em que se diminui o preço dos tipos de tarifas ou se lança uma tarifa com um preço ainda menor que a mais barata.

Não há como saber com exatidão as datas de promoções das companhias aéreas, por isso, o jeito é ficar atento. Jaelcio França, gerente de vendas da agência de turismo High Light Paraná, indica as épocas aproximadas de preços baixos. “É bom levar em consideração as baixas temporadas, que vão de março a junho e de agosto a novembro. Nesses períodos, as promoções são mais constantes e generosas”, revela.

Ajuda bem-vinda

Alguns sites estão disponíveis para auxiliar na busca pela passagem barata. O Melhores Destinos é um deles. Leonardo Marques, formado em Ciência da Computação e pós-graduado em Engenharia de Software, fundou o site em 2008 e o mantém ativo com postagens explicativas sobre o funcionamento de promoções e compras de passagens. Ele dá a dica: “A primeira coisa que você precisa fazer é esquecer essa ideia de que comprar passagens com antecedência é garantia de preço baixo”. Quando uma compra é feita dois ou três meses antes, o risco de perder uma promoção é muito maior. Não é por isso, também, que a passagem deve ser adquirida de última hora. A antecedência deve ser razoável, segundo Marques.

O Melhores Destinos mostra a melhor época para comprar com economia:

Passagens aéreas nacionais:
Baixa temporada: de 25 a 40 dias
Alta temporada: de 60 a 90 dias

Passagens aéreas internacionais:
Baixa temporada: de 30 a 60 dias
Alta temporada: de 60 a 120 dias

Promoção X antecedência

Viagem a baixo custo exige planejamento. Alguns reservam a passagem meses antes, para evitar correria de última hora. É o caso do estudante de medicina e professor de inglês, Gabriel da Cruz Domingues. Nos feriados e férias, sempre dá um jeito de conhecer outros lugares, dentro e fora do Brasil, e não abre mão de planejar cada detalhe. A próxima viagem será ao México, em dezembro, e a passagem já está comprada.

Gabriel pesquisa muito antes de escolher a companhia aérea. “Acesso o Decolar, para ter uma ideia do preço e das datas. Depois vou diretamente ao site da empresa”, explica. Ele não faz muita questão de comprar passagens por promoções, pois o seu lema é antecedência. “Algumas pessoas preferem esperar por promoções de última hora. Eu prefiro garantir e comprar meses antes”, conta.

Alexandre Carvalho, Analista de sistemas, prefere esperar. Viaja todo mês e, quando vai de avião, aguarda as noticias que recebe dos blogs de viagens, com dicas e promoções das companhias aéreas. Quando compra uma passagem com muita antecedência, o risco de surgir uma oferta depois é maior. Como não há jeito de adivinhar, o segredo é ir pela intuição. Ou pela sabedoria de anos de aprendizado na lógica das companhias. “Se eu compro passagem para uma data distante, pode ser que mais adiante pinte uma promoção pro período que eu comprei e acabo levando desvantagem”, afirma.

Dica das companhias

Cada empresa tem um critério de preços e periodicidade das ofertas. A GOL, criada com o conceito de baixo custo, explicou que as ações promocionais têm o objetivo de estimular a demanda por transporte aéreo. “No entanto, todas são estrategicamente estudadas para não comprometer a rentabilidade dos voos”, explicou a assessoria da empresa.

Outro fator que influencia nos preços das passagens é o combustível. “Uma vez que o petróleo impacta fortemente os custos da empresa, ele também tem impacto nos preços das passagens”, informou o representante da GOL.

O Comunicação tentou entrar em contato com a TAM, maior companhia aérea do Brasil, e com a Azul/Trip, mas não obteve resposta.

Dicas da Gol para conseguir passagens mais baratas:

Buscar dias com menos procura, como terças, quartas-feiras e sábados após o meio dia. Nos domingos até o meio dia;

Horários de menor fluxo (voos noturnos, entre as 23h00 e 06h00).

Outras alternativas

Além das dicas, uma outra alternativa para conseguir o melhor preço é aproveitar distintas opções de compra que algumas empresas oferecem. Confira as principais:

Leilão de passagem da Gol: A empresa disponibiliza alguns trechos por um preço mínimo bem razoável. Ganha quem der a maior oferta;

Compra coletiva Tam: A Tam oferece um serviço de compra semelhante aos dos sites de compra coletiva. Entretanto, as ofertas são escassas, porém não custa ficar sempre verificando;

Galera Trip: Para alguns trechos, a Trip reserva ótimas tarifas para clientes entre 12 e 22 anos. Quem sabe seja possível encontrar algo ainda para este ano…

Boas pesquisas e boa viagem!

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes