dom 24 out 2021
HomeDestaquesModa e música no palco

Moda e música no palco

A banda Anacrônica fechou o primeiro dia de desfiles e mostrou que moda e música têm muito em comum
Foto: Rubens Nemitz Jr

Palco e passarela dividiram espaço na edição de inverno do LABmoda. Nos dias 29 e 30 de junho, no Galpão Thá Cultural, moda e música se uniram para mostrar os talentos locais. Entre os intervalos de cada desfile, bandas se apresentaram e aproveitaram para divulgar seus trabalhos. Cacofônicos, Colaterall, Anacrônica, Lenhadores da Antártida, Rentay e Blackpipe são alguns dos nomes musicais que tocaram no evento.

Moda e música estão atrelados quando se fala de atitude, comportamento e tendências. É o que acredita a vocalista da banda Anacrônica, Sandra Piola. “Achamos de extrema importância o evento abrir espaço para bandas tocarem, porque, na minha opinião, música e moda são parte do comportamento, dizem coisas sobre o tempo e o lugar onde estão localizados. São formas de expressão que usam linguagens diferentes, mas falam sobre a mesma coisa”, afirma.

Segundo Sandra, a banda, apesar de não ter nenhuma ligação com o mercado da moda, sempre tem cuidado na hora de se vestir, pois acredita que a imagem diz muito sobre a mensagem que quer transmitir.

Outra banda que se preocupa com os trajes é a Blackpipe. Com um estilo inglês, os meninos, que já gravaram no famoso estúdio da Abbey Road, na Inglaterra, levam em conta as referências inglesas na hora de escolher o vestuário. “Isso é uma coisa muito séria para nós. Desde que voltamos de Liverpool nos importamos sim, e muito, com a maneira de nos vestirmos”, relatam. Os meninos contam, ainda, que as letras de suas músicas falam muito sobre moda. Inclusive o nome da banda significa cachimbo preto, o mesmo usado pelos detetives, como Sherlock Holmes, na hora de resolver crimes.

Felipe Amaral, baterista da Lenhadores da Antártida, revela que os integrantes também alinham o vestuário com a mensagem que procuram transmitir nas músicas. Com um visual mais despojado, os Lenhadores procuram estar confortáveis na hora de se apresentar. “Temos o nosso próprio conceito do que nos veste bem como um grupo. Nossa tendência é deixar o instinto xucro de lenhador dominar”, brinca.

Parceria recente

Para muitas bandas essa foi a primeira experiência com um evento de moda. É o caso da Blackpipe. “Sempre víamos desfiles pela televisão ou internet, mas ao vivo é bem melhor. Deveria haver mais eventos como esses, principalmente em Curitiba que é considerada uma cidade “europeia”, onde as tendências caminham”, opina um dos integrantes.

No caso da Anacrônica, essa foi a segunda parceria com o LAB.

“Assim como em qualquer movimento cultural, é importante unir todas as vertentes artísticas possíveis, porque só quem trabalha com arte reconhece e valoriza o benefício de fazer parcerias. Gente traz gente que conhece mais gente e aí a festa fica boa”, declara o baterista da Lenhadores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes