sex 22 out 2021
HomeDestaquesO complexo e o belo em meio ao comum

O complexo e o belo em meio ao comum

O crescimento de Mason Jr. em Boyhood (Foto: Divulgação)
O crescimento de Mason Jr. em Boyhood (Foto: Divulgação)

Richard Linklater é um diretor famoso por projetos a longo prazo. Ele é conhecido pela “trilogia do Antes”, que demorou 20 anos para ser completa no cinema. Desta vez, ele revolucionou e lançou um filme que sozinho demorou 12 anos para ser filmado. “Boyhood” (2014, 164 minutos).

Com a premissa de gravar o crescimento de um menino, o diretor filmava, uma vez por ano, o personagem e as fases da sua vida.
O filme “Boyhood – Da infância à juventude” conta a história do garoto Mason Jr. (Ellar Coltrane), sua irmã Samantha (Lorelei Linklater, filha do diretor) e seus pais separados. A mãe Olivia (Patricia Arquette) e o pai, Mason (Ethan Hawke). O início mostra uma relação conturbada entre os pais, que passa com o tempo, relacionamentos, fases da cultura popular, evolução da tecnologia, amadurecimento e rebeldia.

Filmado dos 5 aos 18 anos de Mason, o filme aborda situações comuns. Contudo, é contado com uma beleza que transforma a vida em algo complexo, desde um novo relacionamento da mãe até o primeiro emprego em um restaurante. Os pequenos grandes dramas de uma família disfuncional, tratados de uma maneira tão sensível, fazem pensar no incrível do cotidiano.

Uma mudança de cidade; uma mãe que vê seus filhos crescerem e irem para a faculdade. O novo relacionamento do pai; os primeiros namoros; as espinhas. Tudo tratado de forma natural.

Os diálogos triviais brincam com a cultura pop e são muito significativos para quem cresceu na mesma época do personagem principal: o lançamento de um livro de Harry Potter, um acampamento com o pai, o novo videogame…

Mesmo o filme não trazendo nada de extraordinário na história, consegue se firmar com uma das mais belas e emocionantes experiências cinematográficas já lançadas. Apesar das quase 3 horas, vale a pena presenciar um futuro clássico na arte de contar histórias.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes