ter 26 out 2021
HomeDestaquesProjetos de extensão trazem benefícios aos estudantes e à comunidade

Projetos de extensão trazem benefícios aos estudantes e à comunidade

O atendimento odontológico é gratuito e realizado pelos alunos do curso de Odontologia. Foto: Aline Carolina Pistoni

Os projetos de extensão dentro da Universidade Federal do Paraná (UFPR) surgem como uma forma de aplicar os conhecimentos adquiridos em sala de aula, unindo a prática ao conteúdo que preenche folhas e mais folhas de caderno. Um trabalho que auxilia na formação profissional dos alunos e adquire importância perante a sociedade por oferecer serviços de qualidade e de custo baixo ou nulo.

Com serviços como atendimento odontológico e assistência jurídica, os projetos de extensão são maneiras de aproximar o universitário da realidade profissional ainda na graduação. Dessa forma, o aluno pode atuar na área de estudo e, ainda, se relacionar com a comunidade, convertendo aquilo que aprende em contribuições à sociedade.

O curso de Odontologia da UFPR oferece, por meio de uma triagem de pacientes, tratamentos dentários gratuitos àqueles que agendam data e horário para serem examinados pelos alunos. Para a estudante do sexto período do curso, Aline Carolina Pistoni, a importância do serviço para a formação dela e dos colegas é grande, já que possibilita a realização de procedimentos odontológicos em pacientes reais. “Ter pacientes é fundamental para o aprendizado, pois precisamos saber o que causa dor, como anestesiar, quais as limitações impostas por tecidos, saber reconhecer estruturas doentes e sadias, saber restaurar estruturas, fazer cirurgias e também aprender a trabalhar com o paciente como um ser humano, sendo gentil e educado”, conta.

Trata-se do aprendizado adquirido em sala de aula transferido à realidade de um consultório dentário. “Além de conhecimentos sobre a Odontologia, adquirimos também conhecimento sobre ética e moral, que nos ensinam a tratar bem o paciente e a compreendê-lo”, completa Aline.

Com o projeto Floresta Escola, alunos dos cursos de Engenharia Florestal e Ciências Biológicas promovem a educação ambiental a crianças de escolas públicas de Curitiba. Palestras que abordam temas atuais como preservação do meio ambiente e trilhas são realizadas no Capão do Tigre, localizado no campus Botânico da Federal. Além de estimular a consciência ambiental, a iniciativa desenvolve nos alunos envolvidos a capacidade comunicativa e a habilidade de trabalhar em grupo. “Como são realizadas atividades como apresentações e dinâmicas, estudantes que participam do projeto tendem a se sair bem ao apresentar um seminário”, diz a integrante do projeto Gabriele Calle Bouças. Para ela, a proposta é a oportunidade do universitário se desenvolver socialmente e de praticar aquilo que é exposto durante as aulas.

O Núcleo de Prática Jurídica do curso de Direito presta atendimento jurídico à população em diversas áreas. Segundo o coordenador do curso, Leandro Franklin, a orientação é consultiva e envolve os âmbitos cível, penal, trabalhista, previdenciário e de direitos humanos. O atendimento não é cobrado, deve ser agendado e é realizado pelos graduandos de Direito, orientados por um professor e acompanhados pela equipe do Serviço Social. “Além disso, temos os projetos de extensão, que têm relação direta com determinados grupos específicos para ações de educação popular, monitoramento de políticas públicas relacionadas aos direitos humanos”, explica Franklin. De acordo com o coordenador, os projetos auxiliam na formação emancipatória dos alunos, permitindo que ele construa os conhecimentos juntamente com outros agentes da sociedade.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes