qua 20 out 2021
HomeComportamentoSex Trainers ajudam casais e solteiros com dicas sobre relacionamentos

Sex Trainers ajudam casais e solteiros com dicas sobre relacionamentos

A profissão de sex trainer ainda é pouco conhecida, mas muito procurada. As profissionais Elis Medeiros e Fátima B. Moura trabalham na área e atendem pessoas que querem dicas para apimentar ou melhorar o diálogo no relacionamento. Elis oferece palestras, cursos, consultorias para casais e encontros gratuitos em sua casa para mulheres que querem conselhos em seus relacionamentos. Fátima trabalha com festas temáticas, como o chá de lingerie, cursos e palestras, tanto para mulheres quanto para homens.

Comunicação: Por que as mulheres procuram cursos e dicas de sex trainers?
Elis Medeiros: Atualmente, os casais têm encontrado problemas no relacionamento, principalmente quando os filhos saem de casa. Eles se veem sozinhos e não sabem mais sobre o que conversar e então procuram ajuda para o diálogo. Fazemos um tratamento de choque com reuniões semanais, mas em alguns casos eu converso com o casal quase todos os dias, sempre passando provas – tanto sexuais quanto de diálogo. Sou apenas a mediadora.

Fátima B. Moura: Existem vários motivos: apimentar a relação, elevar a autoestima, trabalhar a feminilidade e se descobrir. Não é mais só para agradar o parceiro.

Comunicação: Qual a idadade mais comum das clientes?
Elis: Todas as idades, tenho clientes com mais de 70 anos.

Fátima: Na faixa dos 25, mas as que mais procuram estão na fase dos 40 anos.

Fátima Moura conta que em 1996, com o filme Strip Tease, as mulheres passaram a procurar sex trainers com maior frequência.
Foto: Mario Miranda/Agência Foto

Comunicação: O tabu em relação ao sexo ainda é grande?
Elis: É a grande trava que não permite nem o homem nem a mulher se entregarem ao relacionamento sexual. É importante ressaltar que uma vez que estes tabus estejam fora do seu relacionamento, vale a dica de um excelente e verdadeiro diálogo sobre sexo, vontades, ilusões, sonhos e vida após velhice, para o casal se conhecer melhor.

Comunicação: Solteiras e solteiros também procuram sex trainers?
Fátima: Hoje é muito comum que tanto casados quanto solteiros procurarem o trabalho. Até por causa da autoestima. Muitos solteiros querem estar prontos para quando tiverem um parceiro.

Comunicação: Homens também se interessam pelos cursos e palestras?
Fátima: Os homens procuram com menos frequência que as mulheres. Por incrível que pareça alguns me procuram para melhorar as relação e outros para aprender a lidar com o novo tipo de mulher da atualidade, uma mulher mais exigente. Organizo também despedidas de solteiro. Muitos homens vão para se divertir e aprender o que as mulheres gostam.

Comunicação: Por que é importante trabalhar também o lado sexual nas relações?
Elis: O casamento permite que você entre no jogo do relacionamento, mas não garante a sua permanência nele. Um novo relatório da Universidade da Flórida realizado por Adrienne Jackson mostrou que entre os idosos casados, a felicidade conjugal está muitas vezes associada ao nível de intimidade que ainda se mantém. Pesquisadores determinaram também que a frequência sexual está ligada à felicidade de um casal com suas vidas e seu casamento. Muitos de nós nos acomodamos dentro de um casamento, pensamos que porque pagamos a cerimônia, firmamos contrato, não corremos risco de perder a pessoa ao nosso lado.

Comunicação: Qual o caso mais curioso com o qual você já trabalhou?
Elis: Todos os casos são curiosos, sempre diferentes, mas prefiro não citar nada sobre meus clientes. Posso dizer que o sexo não é o mais importante, mas definitivamente sem ele a pessoa perde o eixo.

Elis Medeiros é sex trainer há 16 anos e já fez palestras nos Estados Unidos, China, Argentina e Uruguai.
Foto: Bibi Freire

Comunicação: As festas de lingerie são geralmente só para as amigas da noiva ou parentes como tias e avós também participam?
Elis: Nas minhas festas participam irmãs, sogras, mães, tias, independente da idade, religião ou gosto sexual. Abordamos dicas, erros e vantagens de relacionamentos e muitas delas ajudam com suas experiências. Brincamos, dançamos, extravasamos nosso lado mulher, nossa criatividade. As brincadeiras envolvem as casadas contra as solteiras, e isso gera muita descontração.

Comunicação: Existem casos em que as mulheres preferem não participar durante os cursos?
Elis: Nunca aconteceu comigo. Respeito as limitações das minhas meninas. Geralmente a que vem no primeiro curso, vem em todos. Tenho meninas que me seguem por muitas partes e vêm e reveem todos os cursos. Trabalho com todas as idades e profissões, estou aqui para facilitar a vida das pessoas. Médicas, ginecologistas, psicólogas e sexólogas participam dos cursos e compartilhamos informações, o que é importante para todos.

Fátima: Até hoje eu nunca tive ninguém que não quisesse participar. Procuro deixá-las à vontade antes de começar, o que faz com que todas participem. Quem vem para o curso já está aberta a tudo que vai ser abordado.

Comunicação: Quais as principais dicas de uma sex trainer e consultora para melhorar o diálogo do casal?
Elis: O casal deve se conhecer, porque na relação a dois a convivência é difícil. Uma relação nem sempre é um ganha-ganha, temos que ceder, chegar a consensos. A falta de respeito detona uma relação. Seja sutil nas palavras, fiel nos sentimentos, sugira e não ordene, cobre respeito e dedicação do parceiro, dialogue.

Fátima: Não querer impor seu ponto de vista. Mesmo que você não concorde com o outro, procure respeitar sua opinião. Fale o que você pensa, mas de uma forma delicada. Escolha sempre as palavras, de uma maneira que não agrida o outro.

  • Contatos:
  • Elis Medeiros:
    Telefones: (41) 9114-5653 ou (41) 3434-5653
    E-mail: entrelacados@entrelacados.com.br
    Blog: http://entrelacadosblog.blogspot.com

    Fátima B. Moura:
    Telefone: (11) 9162-7375 (assessoria comercial)
    E-mail: sensualcoach@fatimamoura.com.br
    Site: http://fatimamoura.com.br

    NOTÍCIAS RELACIONADAS

    Populares

    Comentários recentes