sex 22 out 2021
HomeAmbiente & SustentabilidadeTop 16: Comemoração de fatos históricos que mudaram os rumos da ciência

Top 16: Comemoração de fatos históricos que mudaram os rumos da ciência

A curiosidade move o homem desde sempre. Na busca pela compreensão do cenário do qual faz parte, o ser humano observa, calcula, testa e desvenda fenômenos, querendo respostas. Desde os primeiros registros do meio ambiente, lá se vão 5,5 mil anos. De lá para cá, muitos cientistas auxiliaram as gerações seguintes a melhor entender a Terra e o espaço sideral. Em homenagem a essas ilustres personalidades da Ciência, o Jornal Comunicação elenca 16 fatos que colaboraram para uma visão mais realista das minúcias da natureza e do próprio homem, como parte integrante dela.

1551: Inauguração da zoologia moderna
O naturalista suí­ço Konrad Von Gesner publica o primeiro dos cinco volumes de Historiae animalium, obra considerada ponto de partida para os estudos da zoologia moderna. Baseada no Velho Testamento bí­blico, bem como no folclore medieval, foi bastante criticada pelo papa Paulo IV, que a inseriu na lista de livros proibidos pelo clero. Segundo a Igreja, o protestante Von Gasner teria “contaminado” a obra por questionar o catolicismo.

1601: 410 anos do nascimento de Pierre de Fermat
Nasce, em Beaumont-de-Lomagne, o matemático e cientista francês Pierre de Fermat. Contribuindo nas áreas do cálculo geométrico e infinitesimal, o íšltimo Teorema de Fermat – seu trabalho mais conhecido influenciou os estudos de Leonhard Euler e Carl Friedrich Gauss. Mais tarde, ao se corresponder com Blaise Pascal, Fermat elaboraria a Teoria da Probabilidade.

1811: 200 anos de um ensaio de Avogadro que se revelou essencial no estudo da matéria
O advogado e fí­sico italiano Amedeo Avogadro publica um artigo no Journal de Physique, em que difere os conceitos de átomo e molécula, contestando o modelo de Dalton. Nesse mesmo artigo, formula sua famosa hipótese: volumes iguais de quaisquer gases, submetidos a mesmas temperatura e pressão, possuem o mesmo número de moléculas. Bastante negligenciado na época, o trabalho de Avogadro só foi reconsiderado 50 anos mais tarde, quando Stanislao Cannizarro usou suas ideias para obter um conjunto de pesos atômicos.

1831: Faraday publica livro sobre motor eletromagnético
Há 180 anos, na Inglaterra, Michael Faraday publica trabalho sobre a rotação magnética e, mais tarde, demonstra ao mundo o motor elétrico, o mais eficiente já inventado. A partir do motor, Faraday descobriu a indução eletromagnética e criou o gerador e transformador elétricos. O cientista inglês revolucionou a forma como a eletricidade era usada até então. De mero “combustí­vel” para lâmpadas elétricas e outros relacionados, a eletricidade agora poderia ser produzida, controlada e transformada facilmente em movimento. O motor elétrico é hoje o mais barato, de simples produção, limpo, compacto, sustentável e principalmente versátil. Os princí­pios de Faraday estão presentes em equipamentos fundamentais para nossa civilização, como usinas de produção elétrica, eletrodomésticos e equipamentos industriais.

1851: 1ª Lei da Termodinâmica
O fí­sico britânico Lord Kelvin postula a 1ª Lei da Termodinâmica, também conhecida como Princí­pio da Conservação de Energia. De acordo com Kelvin, a energia total transferida para um sistema é igual à variação da sua energia interna. Posteriormente, William Rankine aprimoraria esses conceitos, introduzindo as noções de energia cinética e energia potencial gravitacional.

1861: Fim da teoria da Geração Espontânea
Neste ano, o microbiologista francês Louis Pasteur refutava de vez uma das teorias mais duradouras da ciência. A Geração Espontânea ou abiogênese era crença popular na Grécia Antiga e foi experimentada e tida como certa por grandes filósofos da época, como Aristóteles. As causas para se acreditar que seres vivos complexos se originariam de matéria inanimada eram basicamente a observação descuidada. Há quase dois mil anos, Aristóteles e principalmente Anaximandro, desamparados pelo rigor do método cientí­fico, deduziram a existência de um princí­pio ativo na matéria inanimada. Assim moscas nasceriam de carne em putrefação, gansos de galhos de árvores próximos à água e afins. Há 150 anos, Pasteur colocou um fim na discussão, com a publicação do estudo “Dissertação sobre os corpúsculos organizados da atmosfera. Exame da doutrina de gerações espontâneas”.

1861: 150 anos da “prova final” da teoria de Darwin
A evolução das espécies era um conjunto de ideias confusas até a publicação do trabalho de Charles Darwin. “A Origem das Espécies”, publicado em 1859, trazia noções que iam contra a crença religiosa. Porém, 150 anos atrás, o paleontólogo alemão Hermann Von Meyer encontrava a prova final da teoria darwiniana. Laureado com medalha Wollaston pela Sociedade Geológica de Londres, Hermann encontrou uma pena fossilizada, que pertenceria à ave mais primitiva da qual se tem registro até hoje. A ave pré-histórica faz parte do grupo de transição dos répteis voadores para as aves que conhecemos hoje, fundamentando a teoria de Darwin, que serve como base da biologia moderna.

1881: Marie Curie vai a Paris
Com ajuda da irmã, a polonesa Maria Sklodowska (futura Marie Curie) muda-se para Paris a fim de concluir seus estudos. Na Universidade Sorbonne, obtém licenciatura em fí­sica e matemática e insere-se de vez no estudo do campo cientí­fico. Mais tarde, já com o sobrenome Curie – herdado do marido -, descobriria a existência dos elementos quí­micos Rádio e Polônio. Suas contribuições nos campos da fí­sica e da radioatividade lhe renderiam dois prêmios Nobel: de Fí­sica, em 1903, e de Quí­mica, em 1911.

1901: Descoberta dos hormônios
O bioquí­mico japonês Jokishi Takamine descobre o hormônio adrenalina, complementando os estudos de Albert Sharpey-Schafer e John Abel. Sharpey-Schafer demonstrou que o fluí­do extraí­do da glândula supra-renal aumentava a pressão arterial caso injetado na corrente sangüí­nea. Abel isolou a chave quí­mica desse fluido e lhe deu o nome de Epinefrina. Mais tarde, Takamine resolveu produzir Epinefrina em um estado puro cristalino, para fins comerciais. O resultado disso veio a ser a adrenalina, o primeiro hormônio produzido e purificado.

1911: 100 anos da supercondutividade
O fí­sico holandês Heike Onnes descobre a supercondutividade, propriedade que certos materiais têm de conduzir corrente elétrica sem nenhuma resistência, quando resfriados a uma temperatura bastante baixa. Onnes chegou à supercondutividade observando a resistência do mercúrio. Essa propriedade é largamente utilizada em aparelhos de ressonância magnética e aceleradores de partí­culas.

1931: Desmistificação da célula vegetal
Ao observar plantas (principalmente orquí­deas), o botânico e fí­sico escocês Robert Brown é o primeiro cientista a descrever a estrutura do núcleo e sua presença nas células vegetais.

1961: 50 anos de História da Loucura
O filósofo e professor francês Michel Foucault lança sua tese de doutorado, intitulada “A História da Loucura”. Curioso sobre os princí­pios da psicologia, Foucault mergulhou no universo das clí­nicas psiquiátricas e realizou uma reflexão acerca da racionalidade. Como resultado, alicerçou o conceito de Arqueologia da Alienação.

1961: “A Terra é azul”
O homem faz sua primeira viagem ao espaço, graças aos esforços da União Soviética, que enviou Yuri Gagarin. Há cinquenta anos, o voo da Vostok I não só afirmou a União Soviética como a pioneira na corrida espacial da época, como também desenvolveu parâmetros para a sobrevivência do homem no espaço. As maiores contribuições tecnológicas foram a missão estadunidense à Lua e o estabelecimento da Estação Espacial Internacional.

1961: 50 anos da pí­lula
O primeiro contraceptivo oral é lançado e muda a relação do mundo ocidental com o sexo. “A pí­lula”, como ficou conhecida, foi desenvolvida em segredo pelo cientista Gregory Pincus, e lançada sob o disfarce de pí­lula “para evitar os sintomas desagradáveis da menstruação”, já que qualquer anticoncepcional era proibido nos EUA até 1965. A enfermeira feminista Margaret Sanger e a milionária Katherine McCormick foram as principais entusiastas e financiadoras da pesquisa de Pincus, que mais tarde levantaria a discussão sobre a fidelidade da mulher que usava o Enovid-10, o primeiro anticoncepcional no mercado. Os efeitos colaterais da pí­lula não demoraram a aparecer. Logo, mulheres abandonaram o medicamento, alegando mal estar e ganho de peso. A indústria farmacêutica contornou o problema produzindo doses menores do medicamento.

1991: Descoberta a múmia natural mais antiga da Europa
É encontrada, nos Alpes italianos, a múmia í–tzi. Com cerca de 5.300 anos, a Múmia do Similaun (como também é conhecida í–tzi, por ter sido descoberta próxima do monte de mesmo nome) é considerada a mais antiga múmia natural da Europa. í–tzi oferece um interessante registro de como o homem europeu vivia na Idade do Cobre.

2001: Projeto Genoma comemora 10 anos
O Projeto Genoma Humano foi o consórcio internacional que mapeou o sequenciamento genético do homem. Os esforços começaram em 1990 e, em fevereiro de 2001, a revista Nature publicou os resultados do que seriam os 90% do DNA humano. Em 2003 o estudo foi finalizado com precisão de 99,99%. O consórcio contou com mais de cinco mil cientistas do mundo todo, inclusive brasileiros, e este ano completou dez anos da publicação oficial. Hoje os esforços estão focados em descobrir a função de cada gene, a fim de prevenir doenças e de entender por completo a dinâmica do corpo humano.

Parte do primeiro volume do livro 'Historiae Animalium', de autoria do naturalista suí­ço Konrad Von Gesner, considerado o pai da Zoologia moderna
National Library of Medicine

Microbiologista francês Louis Pasteur em 1870. Ele colocou um ponto final na teoria da Geração Espontânea, que admitia a possibilidade de seres vivos se originarem da matéria bruta
Wellcome Library
Há 50 anos surgia a pí­lula anticoncepcional, mostrada em um frasco logo acima. A principal responsável foi a enfermeira norte-americana Margaret Higgins Sanger, que lutou por polí­ticas de natalidade
Museu de Ciências de Londres
NOTÍCIAS RELACIONADAS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Populares

Comentários recentes