ter 19 out 2021
HomeDestaquesUFPR terá dois tipos diferenciados de cotas para o vestibular 2012/2013

UFPR terá dois tipos diferenciados de cotas para o vestibular 2012/2013

Rodrigo Juste Duarte

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) divulgou no inicio do mês (7) um edital complementar para cumprir a lei 12711/2012, sancionada em agosto pela presidente Dilma Rousseff. De acordo com a lei, em quatro anos as Universidades terão que destinar 50% de suas vagas para cotas raciais e sociais.

“Estamos acatando o percentual inicial de 12,5%, que é um quarto do percentual estabelecido por lei. A orientação é de que se adote gradativamente o sistema de cotas até alcançar os 50% após quatro anos de implantação” disse o reitor Zaki Akel Sobrinho. A porcentagem estará inserida dentro dos 40% de vagas para cotistas que a Universidade reserva desde 2004 e que serão mantidos.

Existem diferenças entre as cotas já praticadas pela UFPR e as agora estabelecidas por lei. Para participar das cotas sociais da Universidade, o vestibulando precisa ter cursado o ensino fundamental e médio em escolas públicas. Já para o novo sistema, é suficiente o aluno ter cursado apenas o ensino médio em escola pública.

O vestibular da UFPR disponibiliza 5.087 vagas no processo seletivo, além de uma vaga por curso para pessoas com necessidades especiais. Também são ofertadas 529 vagas que serão preenchidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e dez vagas para o vestibular indígena, que será realizado no dia 16 de dezembro.

A instituição fez ainda uma adaptação para este ano, com a qual haverá flexibilidade para o aluno optar pela categoria de cotas que achar mais viável. É importante destacar que os sistemas de cotas na UFPR só são validos para a segunda fase – na primeira fase a concorrência é geral entre todos os candidatos.

Os vestibulandos classificados para a segunda etapa e que puderem utilizar as cotas sociais ou raciais deverão fazer um novo cadastro por meio de um sistema que será aberto assim que for divulgado o resultado da primeira fase, no dia 26 de novembro. Nesse momento, eles poderão decidir por utilizar o sistema de cotas da Universidade ou o do governo, além de ver o número de vagas disponíveis para cada um dos sistemas.

Gazeta do Povo
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes