sáb 23 out 2021
HomeAmbiente & SustentabilidadeVoluntários para proteger o meio ambiente

Voluntários para proteger o meio ambiente

Engana-se quem imagina que “salvar a natureza” se resume a fazer parte de uma organização não-governamental voltada para o meio ambiente, passando os dias amarrado a arvores para que não sejam cortadas ou limpando animais ví­timas de um vazamento de óleo.
Ajudar a preservar o meio ambiente está à mão de todos. Atitudes simples, e amplamente divulgadas atualmente, como separar o lixo reciclável, ou economizar água podem se tornar hábitos e fazer diferença na preservação dos recursos naturais. Mas para quem dispõe de tempo e vontade, existe uma forma mais efetiva de cuidar do meio ambiente: o voluntariado.
O Instituto Ambiental do Paraná, através do programa VOU, incentiva o voluntariado em Unidades de Conservação. Essas unidades são responsáveis por promover a educação ambiental, viabilizar pesquisas e contribuir para a conservação do meio ambiente no estado. Essas tarefas, com o apoio de trabalhadores voluntários, são cumpridas com maior facilidade.
Os voluntários podem realizar várias atividades, escolhendo-as de acordo com a preferência pessoal. As atividades vão desde o acompanhamento de visitantes nas Unidades de Conservação até o auxí­lio na recuperação de áreas naturais. É possí­vel também desenvolver projetos de pesquisa na área, fazer parte de grupos de resgate em situações de emergência (como incêndios), ou informar os habitantes de áreas de preservação a respeito dos cuidados com o meio ambiente.
Os voluntários
Mariana Zanetti trabalha como voluntária na preservação da natureza há dois anos, e conta que o trabalho a ajuda a esquecer dos problemas do dia-a-dia. “Além de ajudar, faço um bem para mim”, diz ela. “Sinto que meu trabalho é útil, que estou fazendo algo importante”. Zanetti já trabalhou com a orientação de pessoas a respeito dos problemas ambientais, o que foi facilitado pelos conhecimentos adquiridos na faculdade de biologia. “É muito bom poder colocar o que aprendi em prática”, afirma, e completa: “Estamos com problemas graves hoje, é preciso ter consciência disso e tentar ajudar a melhorar nossa situação”.
O estudante Leonardo Souza também se tornou voluntário movido pelo interesse em preservar o patrimônio ambiental. “Não podemos deixar isso tudo ser degradado sem fazer nada”, afirma ele. Souza também conta que freqüentemente escuta seus conhecidos dizerem que não fazem nada por falta de tempo ou de esperança. “Eles falam que não adianta, mas eu não gosto de escutar isso”, comenta. “A gente acha que não pode ajudar, mas pode, é só ir atrás”, completa o estudante.
Para se cadastrar como voluntário é necessário ter mais de 18 anos e estar disposto a trabalhar gratuitamente pela conservação ambiental. O cadastro pode ser encontrado na Internet ou diretamente no escritório regional do IAP, onde deve ser entregue. É o voluntário que escolhe em que Unidade de Conservação prefere trabalhar e o cadastro é gratuito. Os documentos necessários são o CPF, o RG e a Carteira de Eleitor.

O Parque Estadual da Mata dos Godoy é uma das Unidades de Conservação aonde voluntários podem atuar
Thaí­s Kachel
NOTÍCIAS RELACIONADAS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Populares

Comentários recentes