qua 05 out 2022
HomeComportamentoAlerta e relaxado: meditação e seus inúmeros benefícios

Alerta e relaxado: meditação e seus inúmeros benefícios

Nesta reportagem você vai conhecer um pouco do surgimento da meditação em cada cantinho do mundo. Além de saber como funciona e de que forma começar a praticá-la

Na reportagem de hoje produzida pelo estudante de jornalismo da Universidade Federal do Paraná, Gabriel Siqueira, vamos conhecer uma técnica milenar que nos permite ficar alerta e relaxado ao mesmo tempo: a meditação.

A meditação é uma arte ancestral que teve, e ainda tem, muitos adeptos durante sua trajetória. A técnica se propagou em diversos povos e culturas, foi se desenvolvendo e se aperfeiçoando cada vez mais.

Não se tem registros de qual foi o momento exato do surgimento desta prática, mas tem-se muitas histórias conforme ela foi abraçada por diferentes culturas. Nesta reportagem você vai conhecer um pouco do surgimento da meditação em cada cantinho do mundo. Além de saber como funciona e de que forma começar a praticá-la.

“Essa mente divagando, é uma mente infeliz”,

Fernando Gabas empresário do ramo de educação e bem estar é especialista em meditação e tem como base para suas explicações os estudos do pesquisador americano Daniel Gilbert.

Para ele existem sistemas de operações cerebrais que podem ser fortemente desenvolvidos e melhorados pela prática meditativa. 

“Essa mente divagando, é uma mente infeliz”, diz Daniel Gilbert. De acordo com ele, a mente divaga pelo passado e futuro, remoendo e projetando coisas que causam ansiedade, por exemplo.

Sistemas de operação, percepção, mudança de vida e diversas operações realizadas pela meditação é o que explica o especialista.

Você também vai conhecer a estudante de direito Gabriela Gonzaga, de 24 anos, que começou a praticar meditação há cinco anos e viu mudanças significativas em sua vida. A conversa nessa reportagem vai longe e com muito conhecimento. Confira no link abaixo.  

Mônica Ferreira
Estudante de Jornalismo da UFPR.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Mônica Ferreira
Estudante de Jornalismo da UFPR.