ter 04 out 2022
HomeEducaçãoEm evento, especialistas afirmam que bons RPs precisam aprender a escutar

Em evento, especialistas afirmam que bons RPs precisam aprender a escutar

Agilidade na resolução de problemas e compreensão de demandas de clientes foram algumas das características destacadas pelos palestrantes durante o Identifique-se RP

Ocorreu na noite desta terça-feira (19) mais uma edição do Identifique-se RP, evento promovido e organizado pelos alunos de Relações Públicas da UFPR, com objetivo de discutir os caminhos da profissão. As palestras reuniram trocas de conhecimento entre alunos, professores e profissionais da área durante duas horas.

“Antes de brigarmos pelo nome [de relações públicas], precisamos entregar resultados. Não existe mais ‘on e off’, tudo é on-line. As pessoas não contratam uma pessoa por ser RP, contratam pelo que entrega, e depois isso reverbera no que é a profissão”, comenta Guilherme Alf, um dos palestrantes, sobre a forma como um profissional de RP traz reconhecimento para sua carreira.

Com experiência nas mais diversas áreas do mercado, como no gerenciamento da carreiras de grandes nomes, entre eles, Gaby Amaranto e Michel Teló, Alf destacou que seu amor pela profissão se baseia exatamente nessa dinamicidade, já que a atividade de RP permite estar em diversos âmbitos. 

A conversa com os profissionais abordou aspectos profissionais e acadêmicos das Relações Públicas. Foto: Jornal Comunicação/YouTube

Já a segunda exposição, que trouxe uma experiência mais focada no âmbito acadêmico, contou com a presença da professora Maria Aparecida Ferrari, que atua no programa de mestrado e doutorado da Universidade de São Paulo (USP). “Vivemos em um mundo em constante transição, passando por guerras e conflitos. E é exatamente neste momento, principalmente durante a pandemia, que o profissional de relações públicas mostra sua funcionalidade, porque ela escancarou problemas que as empresas tinham de relacionamento, alguns já anteriores à doença”, comenta.

Questionada sobre qual a maior lição que deixaria para os universitários de RP, Maria pontuou que são as formações rápidas, “já que o ensino passado no curso nunca é eternamente duradouro, passamos por alterações na profissão”.

Brindes

O evento contou ainda com quatro brindes para os participantes. Foram sorteados um par de ingressos de cinema, um voucher Bubble Mix e os livros Outros junhos virão (Mário Messagi Júnior), As margens e às margens do telejornalismo (Hendryo André) e Jornalismo e convergência: ensino e práticas profissionais (Cláudia Quadros).

Para conferir as palestras na íntegra, confiram a live que ficou salva no canal do Jornal Comunicação.
Louize Lazzarim
Estudante de Jornalismo da UFPR.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Louize Lazzarim
Estudante de Jornalismo da UFPR.