ter 04 out 2022
HomeCidadeEm Curitiba, feiras de Natal funcionam até próxima quinta

Em Curitiba, feiras de Natal funcionam até próxima quinta

Tradição que nasceu na Europa acontece nas praças Santos Andrade e General Osório, que reúne 61 das 72 barracas natalinas

Em Curitiba, a programação Natal dos Pinhais conta este ano com 72 barracas natalinas, 61 na Praça Osório e 11 na Praça Santos Andrade. Os locais reúnem gastronomia, artesanato e decoração típicas, além de opções de presentes para o fim de ano. Mesmo ao ar livre, seguem-se as normas sanitárias como o uso das máscaras e a oferta de álcool em gel.

Doralice de Lima é uma das expositoras na feira da Osório e comenta que as vendas sempre vão bem no Natal. “O pessoal gosta e procura bastante, desde cedo já vão atrás das novidades”, conta a artesã.

As feiras, ou mercado de Natal, são populares e datam da Idade Média, quando foram registradas pela primeira vez. O mercado de dezembro de Viena (1294) surgiu com a proposta de comercializar suprimentos para o inverno. A tradição foi se espalhando pela Áustria, Alemanha, leste da França e da Suíça. Com o movimento aumentando nos mercados e a influência da Reforma Protestante, artesãos, fabricantes de brinquedos e vendedores de doces observaram o potencial de vendas nos mercados natalinos. Ambos, tanto comerciantes como a população, se beneficiaram com o comércio, e é por isso que esta tradição segue até hoje, fazendo parte da programação do Natal dos Pinhais.

Mercado de Natal de Viena está até hoje como um dos cinco melhores do mundo nos guias turísticos do Natal europeu (Istock/Divulgação)

Só na Alemanha existem mais de 150 feiras natalinas. A mais antiga do país data do século XV, o Mercado de Natal de Nuremberg, e começa na sexta-feira anterior ao primeiro Domingo de Advento. Em Curitiba, a população pode curtir esta experiência na Praça General Osório e na Santos Andrade.

Uma das opções de presentes da feira são as roupas de boneca feitas por Isabel de Moraes. Ela revela que as mães e avós adoram presentear as crianças com as roupas. Para a artesã, o segredo para chamar a atenção é “inventar moda”, ou seja, explorar vários segmentos do vestuário para as bonecas, desde vestidos de festa até roupas de banho, e caprichar no acabamento. “A Barbie mamãe noel é a que eu vendo melhor”, revela.

Por mais que a feira seja uma opção lucrativa para os expositores, sempre há algo que pode melhorar. “Se nossas barracas viessem com o chapéu (cobertura) inteiro seria muito bom”, conta Doralice, que está há quinze anos na feira. A estrutura é disponibilizada pela prefeitura, que as apresentou como novas em 2021.

Algumas das atrações da programação do Natal dos Pinhais exigem agendamento, mas as feiras não possuem essa limitação. (Pedro Ribas/SMCS, divulgação Prefeitura de Curitiba).

Serviço

Feira de Natal na Praça Osório

Segunda a sábado das 10:00 às 21:00, domingos das 14h30 até às 19h30.

Feira de Natal na Santos Andrade

Segunda a sábado das 10h00 até às 20h00, domingos das 12:00 até às 18:30.

É obrigatório o uso da máscara e de álcool em gel, bem como distanciamento social. Não é necessária a apresentação do comprovante de vacina.

Bruna Eduarda Rudnick
Estudante de Jornalismo da Universidade Federal do Paraná (UFPR)
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Bruna Eduarda Rudnick
Estudante de Jornalismo da Universidade Federal do Paraná (UFPR)