ter 27 set 2022
HomeDestaquesJuventude e melancolia

Juventude e melancolia

Dolorosamente (quase) adultos

Entre as consequências da pandemia de Covid-19 está o impacto na saúde mental. Como demonstrado na pesquisa divulgada pelo órgão Inteligência em Pesquisa e Consultoria (IPEC), no começo de setembro, os jovens foram os que mais sentiram esse impacto. 

A reportagem “Juventude e Melancolia – Dolorosamente (quase) adultos”, produzida pelos estudantes Bruna Eduarda Rudnick, Catherine Grein Plothow, Cecilia Sizanoski Sanchez, Eduardo Magalhaes Oliveira, Felipe dos Santos Reis, Jully Ana Pereira Mendes, Luana Lopes Soares, Manuel Alejandro Gonzalez Valdes e Thiago Fedacz Anastacio durante a disciplina Jornalismo Longform, com a orientação do professor Mário Messagi Júnior, mostra como os problemas enfrentados pela faixa etária já eram recorrentes, mas foram agravados pela necessidade de isolamento social, imposta como medida sanitária para enfrentamento da pandemia. 

A reportagem longform apresenta histórias de jovens que passaram por situações traumáticas, lidaram ou ainda lidam com doenças mentais, como depressão e ansiedade, e traz também conversas com médicos, terapeutas e professores que explicam quais os fatores biológicos e sociais que podem desencadear essas doenças, bem como as razões para serem frequentes durante o período escolar. 

O desenvolvimento de um site fez parte da produção da disciplina e pode ser acessado por meio deste link

Este trabalho é parte de uma série produzida na disciplina de Tópicos Especiais em Teoria do Jornalismo I – Jornalismo Longform, ofertada em 2021, que retrata como diferentes categorias foram afetadas pela pandemia. Acesse as demais reportagens da série por meio destes links:

Letícia Ribeiro
Estudante do curso de Jornalismo da UFPR.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Letícia Ribeiro
Estudante do curso de Jornalismo da UFPR.