sáb 28 jan 2023
HomeCopa 2022Na Copa de 1982, seleção brasileira não levou o caneco, mas fez...

Na Copa de 1982, seleção brasileira não levou o caneco, mas fez bonito em campo

Lembrada como a “Tragédia do Sarriá” do futebol, a eliminação do Brasil para a Itália foi um "acidente", dizem analistas

A Copa do Mundo de 1982 marcou os torcedores. A memorável disputa entre Brasil e Itália é relembrada por todos que acompanharam o evento, mesmo que essa não tenha sido a partida final do campeonato, que se concluiu na disputa entre Itália e Alemanha. Apesar de não levar o título, a seleção brasileira se tornou a mais querida ao brilhar nos gramados da Espanha, país-sede do evento naquele ano.

O time carregava nomes como Sócrates, Zico, Luizinho, Valdir Peres e outros craques que marcaram a seleção. O futebol arte – leve, mas ofensivo – trazia aos torcedores a certeza de que a escalação do técnico Telê Santana era merecedora de levantar o caneco. Considerada pelos analistas como um “acidente”, a eliminação do Brasil para a Itália ficou conhecida como a “Tragédia do Sarriá” do futebol. A vitória da canarinho não veio, o que não impediu o Brasil de encantar o mundo.

Para falar sobre o brilhante time do Brasil de 82, o repórter Gabriel Arouca Leão conversou com o jornalista Edson Militão, que cobriu o evento pelo jornal “O Paraná”, e o editor de esportes Rodrigo Fernandes, torcedor da época. Os dois compartilham a experiência de acompanhar uma copa e uma seleção marcada na história do futebol.

O episódio foi produzido pelos estudantes Gabriel Arouca Leão, Vincenzo Dalicani e Murilo Lemos Bernardon para a disciplina de Laboratório de Radiojornalismo I, com orientação da professora Rosângela Stringari.

Confira o material na íntegra abaixo.

#FocaNaCopa

A equipe do Jornal Comunicação, em conjunto com os professores das disciplinas laboratoriais de Jornalismo da Universidade Federal do Paraná, produz o #FocaNaCopa a quase 12 mil quilômetros de distância da sede do evento. A Copa do Mundo reúne países de todos os continentes e é, sem dúvidas, o evento mais assistido durante sua veiculação. A cobertura envolve reportagens para diferentes mídias e formatos, como texto, áudio e vídeo. Acompanhe a história e o impacto, social, político e econômico da Copa do Mundo, maior competição esportiva do globo, nas redes sociais e no portal do Jornal Comunicação.

Lucas Daniel
Estudante de Jornalismo na Universidade Federal do Paraná (UFPR)
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Lucas Daniel
Estudante de Jornalismo na Universidade Federal do Paraná (UFPR)