seg 18 out 2021
HomePolítica"Queremos desenvolver atividades relacionadas à cultura e educação, abrindo portas para os...

“Queremos desenvolver atividades relacionadas à cultura e educação, abrindo portas para os estudantes”, diz Meirinho

O candidato do Psol à Prefeitura de Curitiba, Bruno Meirinho é advogado e mestre em geografia pela UFPR. Participou do movimento estudantil e foi coordenador-geral do Diretório Central dos Estudantes (DCE). Em entrevista ao Jornal Comunicação, Meirinho diz apostar na integração da universidade com a prefeitura. Ele destaca a importância da educação pública na formação de profissionais.
Comunicação: Como você vê que deve ser a relação da prefeitura municipal com as universidades, em especial as públicas?
Bruno Meirinho: A qualificação dos servidores públicos municipais é muito importante e a formação deve ser contí­nua. Atualmente, no quadro da prefeitura, existe uma polí­tica de gestão de excessiva privatização, inclusive no que tange à qualificação profissional. A prefeitura faz parcerias com instituições privadas para oferecer cursos de qualificação aos servidores. Na nossa opinião, isso é equivocado e não prioriza as universidades públicas da cidade, que é o que deveria acontecer.Esses serviços públicos não podem ser terceirizados.
Além disso, a universidade é uma grande formadora de professores. Nós defendemos que a formação de profissionais licenciados possa contribuir na organização de atividades de arte e cultura em comunidades e escolas, por exemplo.
Comunicação: Como a UFPR pode auxiliar a prefeitura em um projeto de cidade?
Bruno Meirinho: O projeto de cidade exige planejamentos em diversas áreas. A universidade forma profissionais qualificados para trabalhar com isso. A UFPR poderia, juntamente com a prefeitura, apoiar ações como os observatórios que já existem hoje, mas não têm o apoio do governo municipal. É o caso do Observatório das Metrópoles e do Observatório de Polí­ticas Públicas. Na nossa opinião, a relação entre a universidade e a prefeitura poderia ser mais fortalecida nesse aspecto. Criaremos um grande observatório, com profissionais de diversas áreas, para debater projetos de futuro para Curitiba, que precisa atualizar seu planejamento urbano.
Comunicação: Qual é o principal benefí­cio que a sua candidatura pode trazer para os estudantes?
Bruno Meirinho: São vários, mas o principal deles é que nós queremos desenvolver atividades públicas na gestão da prefeitura, como atividades relacionadas à cultura e educação. Isso abre oportunidades para que os estudantes, futuros profissionais, trabalhem junto à prefeitura. Uma gestão municipal poderia aproveitar o potencial que existe na formação dessa gente, que muitas vezes não é valorizada. Eles serão convidados a exercer funções importantes, como a coordenação de projetos de arte e cultura, como mencionei.
Também defendemos o apoio aos cursinhos populares, de modo a democratizar o acesso à universidade. Há os Espaços de Educação Pós Médio, que não fazem parte da educação formal, mas são muito importantes para os alunos de baixa renda que querem uma vaga na universidade. Esse objetivo nem sempre é alcançado, já que os cursinhos privados restringem o acesso desses estudantes às instituições, através das altas mensalidades.
Defendemos também a polí­tica de cotas raciais e aquelas destinadas aos alunos de escolas públicas.

Entrevista Ratinho Junior
Entrevista Luciano Ducci
Entrevista Gustavo Fruet

O candidato enfatiza a criação de projetos de arte e cultura em parceria com a universidade
Vanguarda Polí­tica
NOTÍCIAS RELACIONADAS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Populares

Comentários recentes