sex 07 out 2022
HomeCidadeFestival de Curitiba comemora 30 anos com retorno presencial

Festival de Curitiba comemora 30 anos com retorno presencial

Marcando gerações desde 1992, o Festival é conhecido por apoiar artistas e suas diversidades, entre as inúmeras categorias presentes no evento

Com início nesta terça-feira (29), data especial por também celebrar o aniversário de 329 anos da capital paranaense, o Festival de Curitiba marca seu retorno presencial em diversos locais da própria cidade, como o Teatro da Reitoria e o Sesc da Esquina, e também em regiões metropolitanas.

Entre as categorias artísticas, o evento, que termina no próximo dia 10, contará com peças teatrais, musicais e exposições fotográficas, compondo as seguintes atrações: Mostra Lúcia Camargo, Risorama, Circuito espaço aberto, Mishmash e Programa Guritiba, a fim de celebrar e cultivar a arte brasileira e, acima disso, a arte paranaense.

Dados referentes aos 30 anos de história do Festival de Curitiba. Fonte: Festival de Curitiba/Reprodução

A primeira atração, Mostra Lúcia Camargo, foi pensada em forma de homenagem à antiga curadora do festival, que faleceu em 2020 devido a um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Lúcia atuou no evento entre 1995 e 2005, e, como forma de manter vivo o seu legado, as programações foram pensadas e elaboradas para todos, comprovando que o teatro e as artes devem ser plurais. Entre uma das grandes programações da mostra, estará presente o cantor e compositor Emicida, apresentando AmarElo, um projeto de estúdio do rapper paulista.

Já a segunda atração, Risorama, é o primeiro evento no país que mistura variados estilos de humor com os melhores artistas do meio. A programação já está incluída no cronograma há 18 anos, compondo, atualmente, um dos mais importantes eventos de humor no Brasil. Nesta edição, contará com nomes como Diogo Portugal e Fábio Porchat.

Uma das atrações mais aguardadas do Festival, o Risorama completa 19 anos em 2022. Foto: Festival de Curitiba/ Divulgação

Com espetáculos de programação independente, o Circuito Espaço Aberto contará com mais de 120 sessões de teatro, música, circo e dança, distribuídas em áreas abertas, como parques e praças. Vão participar do circuito cerca de 250 artistas de companhias e grupos da Grande Curitiba, de acordo com matéria publicada pelo site Bem Paraná. A atração tem por objetivo conectar o espaço público com as pessoas e, devido à pandemia, será uma ótima opção para aqueles que ainda não se sentem confortáveis em locais fechados.

A quarta atração, o Mishmash, é uma mostra de variedades que reúne malabaristas, mágicos, hipnotizadores, músicos e diversos outros artistas do Brasil e de todo o mundo com o objetivo de divertir famílias inteiras com números fantásticos. Diferentemente das demais, esta atração será inteiramente sediada em um local só, na Live Curitiba, a partir do dia 08 de abril.

A última atração será o Programa Guritiba. A proposta é direcionada ao público infantojuvenil, contando com programações teatrais, musicais, contação de histórias e atividades recreativas — assim, tem como o foco principal na formação de plateia e no lazer cultural familiar durante o Festival de Curitiba. Entre as três exibições que compõem a mostra, os locais sede serão na Praça Santos Andrade, que será aberta ao público, e no Teatro Bom Jesus. 

Confira a programação completa, bem como os endereços das atrações, no site do Festival de Curitiba.

Louize Lazzarim
Estudante de Jornalismo da UFPR.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Louize Lazzarim
Estudante de Jornalismo da UFPR.