qui 21 out 2021
HomeSociedadeLinhas metropolitanas sofrem aumento na passagem de ônibus

Linhas metropolitanas sofrem aumento na passagem de ônibus

Após o aumento na tarifa da passagem de ônibus em Curitiba, anunciado na semana passada, as linhas da região metropolitana também passam a cobrar um novo valor. A partir desta segunda, 9, a tarifa de algumas linhas da Rede Integrada de Transporte (RIT) deve também custar R$ 3,30, mas sem o desconto de 15 centavos para os usuários que possuem o cartão de transporte.

Os onibus da região metropolitana que são da URBS não sofrem com as mudanças  (Foto: Arthur Henrique)
Os onibus da região metropolitana que são da URBS não sofrem com as mudanças
(Foto: Arthur Henrique)

A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (COMEC), responsável pelas ações de interesse público da Região Metropolitana, alega que a situação atual da integração ainda é vantajosa para o usuário. “Por determinação do governador Beto Richa [PSDB], conseguimos manter a mesma tarifa para todo o sistema, com objetivo de não prejudicar a população da região e manter uma conquista histórica, que é a integração”, declarou em um comunicado.

Já a Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Motoristas e Cobradores (Sindimoc) lamenta a atitude. Para o sindicato, a prefeitura e a URBS estão tentando colocar a população contra os motoristas e cobradores. Segundo o Sindimoc, a responsabilidade pelo aumento na tarifa não é só da categoria. “Esta taxa [do aumento da tarifa] leva em conta também os salários de manutenção e administração. A administração ganha altos salários e isso aumenta muito os custos”, defende.

O aumento é geral para os ônibus da Região Metropolitana, com variações entre empresas de transporte e linhas que fazem ou não a integração nos terminais. Algumas linhas podem custar até R$ 4,70, como é o caso da “Agudos do Sul”, que faz o trajeto Agudos do Sul/ Fazenda Rio Grande.

A rede integrada existe desde 1996 e abrange Curitiba e 13 municípios da RMC: Almirante Tamandaré, Araucária, Bocaiuva do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Contenda, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Rio Branco do Sul, São José dos Pinhais, Pinhais e Piraquara.

Confira os novos valores para a tarifa da RMC:

Fonte: Divulgação
Fonte: Divulgação
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes