ter 20 fev 2024
HomeCidadeMotoristas de ônibus fazem paralisação e fecham Sete de Setembro

Motoristas de ônibus fazem paralisação e fecham Sete de Setembro

Manifestantes pedem pela conscientização da exclusividade das canaletas de ônibus e mais visibilidade do poder público ao assunto

Mais de sete ônibus parados. Este foi o cenário da Avenida Sete de Setembro, em frente à Estação Tubo Praça Eufrásio Correia, às 15 horas da última quarta-feira (18), em Curitiba. O protesto foi organizado pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc), por mais segurança na canaleta de ônibus.

“Eles [ciclistas] fazem do ônibus uma verdadeira roleta russa, porque o motorista não consegue ver que ele está ali. Quando o pior acontece, é o trabalhador que paga a conta”

Relata Vanusa Coelho, diretora da Secretaria de Saúde e Segurança do Trabalho no Sindimoc

As canaletas de ônibus, em Curitiba, são exclusivas para transporte público. Veículos autorizados, como de emergência de saúde e segurança, também podem circular nessas áreas, pela regulamentação do trânsito. Os manifestantes apontam que o hábito de movimentação de bicicletas nesse espaço, causa acidentes que podem custar, além da morte do ciclista, o emprego do motorista.

Coelho ainda comenta que a paralisação foi necessária, também, pois um diálogo com os órgãos responsáveis não foi acatado.

O protesto durou cerca de 45 minutos. Após o período, os ônibus voltaram a circular e a canaleta foi desocupada. A Superintendência de Trânsito de Curitiba (Setran) divulgou uma nota sobre o ocorrido, ressaltando a proibição da circulação de veículos não autorizados na canaleta e o desenvolvimento de ações educativas sobre a prática pelo município. “A fiscalização depende da regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran)”, destaca o pronunciamento.

“A canaleta é exclusiva para os ônibus”, diz faixa dos manifestantes. Foto: Ana Halat/Jornal Comunicação.

Ana Halat
Estudante de Jornalismo da UFPR.
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Ana Halat
Estudante de Jornalismo da UFPR.
Pular para o conteúdo