dom 14 abr 2024
HomeCidadeParque Barigui recebe a 10ª edição do Amigo Bicho

Parque Barigui recebe a 10ª edição do Amigo Bicho

Evento foi uma forma de conscientizar e engajar a comunidade em prol das causas animais

Neste último final de semana, o Parque Barigui recebeu a 10ª edição do Amigo Bicho, uma iniciativa promovida pela Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba. O evento aconteceu próximo ao estacionamento do Salão de Atos e teve como intuito oferecer de forma gratuita os serviços de adoção e microchipagem.

Integrado a programação do Festival da Felicidade, nesta edição, o Amigo Bicho contou com o patrocínio oficial da rede de televisão RIC TV, que além da divulgação do evento, realizou a doação de cerca de 1 tonelada de ração para o Banco Municipal de Ração. O espaço também proporcionou outras atividades voltadas para o bem-estar e lazer dos pets, como é o caso da 4ª edição da Super Cãominhada.

O local também foi a linha de chegada da Cãominhada, e contou com ‘cãotinhos’ para a hidratação e descanso dos bichos de estimação. FOTO: Jornal Comunicação/ Erika Boslooper

Mediante a inscrição prévia realizada pelo Whatsapp da Rede de Proteção Animal, os 50 cães disponíveis para serem adotados foram devidamente castrados, vacinados e microchipados. Desde aqueles sob os cuidados de protetores independentes, ONGs e do Centro de Referência de Animais em Risco (Crar), até os que foram resgatados das ruas e de situações de maus-tratos pelo serviço de Ambulância Veterinária. Todos tiveram a oportunidade de receber um novo lar.

“A gente não consegue fazer o resgate dos pets até doarmos os que já estão com a gente. Então é um ciclo, quando você adota, está dando a oportunidade para que outros animais sejam retirados da rua”, ressalta a representante da Instituição ‘Aujude Patinhas’, Larissa Rosa.

Para que os visitantes pudessem levar os novos companheiros para casa, bastou apresentar o documento de identificação e comprovante de residência, além de realizar a assinatura do termo de adoção responsável. “Todos eles necessitam de um lar, e aqui as pessoas têm a oportunidade de levar eles para casa de graça, e oferecer o cuidado, amor e carinho que precisam”, disse a jovem que esteve a passeio com a família, Luísa Cardoso.

O evento aconteceu no horário das 10hr às 16hr. FOTO: Jornal Comunicação/ Erika Boslooper

Dentro das tendas, os veterinários da Rede de Proteção também ofereceram gratuitamente o serviço de microchipagem para os animais cadastrados no site. Cerca de 330 microchips foram implantados para garantir a segurança dos bichinhos que passeavam pelo local.

Os dados do microchip ficam disponíveis no Sistema de Identificação Animal (SIA). FOTO: Jornal Comunicação/ Erika Boslooper

De maneira rápida e indolor, o dispositivo inserido embaixo da pele do animal permite que este seja facilmente identificado em caso de perda, bastando realizar a leitura do número do chip vinculado ao cadastro do tutor. Segundo o médico veterinário Roberto Lange, do Hospital Veterinário Santa Mônica, o procedimento representa sobretudo, um ato de responsabilidade. “É muito importante que se faça isso para garantir a seguridade do animal”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Pular para o conteúdo