Free Porn





manotobet

takbet
betcart




betboro

megapari
mahbet
betforward


1xbet
teen sex
porn
djav
best porn 2025
porn 2026
brunette banged
Ankara Escort
1xbet
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com

1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com

1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
betforward
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co

betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co

betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
deneme bonusu veren bahis siteleri
deneme bonusu
casino slot siteleri/a>
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Cialis
Cialis Fiyat
deneme bonusu
padişahbet
padişahbet
padişahbet
deneme bonusu 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet وان ایکس بت 1xbet 1xbet untertitelporno porno
qui 18 jul 2024
HomeDestaquesApós reunião com Richa e “apelo emocionado”, Francischini permanece no cargo

Após reunião com Richa e “apelo emocionado”, Francischini permanece no cargo

Fernando Franschini
Acontecimento do dia 29 de abril manchou imagem do secretário (Foto: Divulgação / Solidariedade)

Na tarde de hoje (06), em reunião com o governador Beto Richa (PSDB), o secretário de Segurança Pública Fernando Francischini (SD) recebeu a notícia de que continua no cargo.

Segundo fontes próximas ao governador, Francischini entrou demitido na reunião, porém fez um apelo emocionado, alegando que a demissão seria uma “mancha” muito grande e prejudicial para sua carreira política e pediu para ficar. O pedido foi atendido e Richa decidiu manter o secretário que, mesmo assim, permanece em situação desconfortável e delicada: a população repudiou veemente o massacre da última quarta-feira, no Centro Cívico, que resultou em mais de 200 feridos e uma grande revolta.

Fancischini também está mal na visão da própria corporação após ter jogado a culpa pelos feridos na tropa que participou da “contenção” dos manifestantes. Hoje, um manifesto de repúdio às declarações do secretário sobre o caso foi assinado por 16 dos 19 coronéis da ativa. Na carta, eles alegam que o secretário participou do planejamento da operação, sabia do risco de haverem feridos e inclusive foi informado em tempo real sobre tudo o que estava acontecendo no Centro Cívico durante a fatídica tarde de quarta-feira passada.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Pular para o conteúdo