ter 19 out 2021
HomeDestaquesBloco BatuCannabis traz críticas sociais para o carnaval curitibano

Bloco BatuCannabis traz críticas sociais para o carnaval curitibano

Há 16 anos, o tradicional bloco Garibaldis & Sacis agita o pré-carnaval curitibano. Apesar de ser um dos únicos blocos a constar na agenda oficial do evento, que acontece desde 2013 e é organizado pela Fundação Cultural de Curitiba, não é o único a levar foliões às ruas da capital.

BatuCannabis agitando o pré carnaval no Largo da Ordem (Foto: Kessy Martins)
BatuCannabis agitando o pré carnaval no Largo da Ordem
(Foto: Kessy Martins)

Um exemplo é o grupo BatuCannabis que, em 2015, toca pela primeira vez fora da Marcha da Maconha, berço do bloco no ano anterior. Suas letras são paródias de marchinhas carnavalescas tradicionais que ganham cunho político ao clamarem pela legalização da maconha. “Planta filhinho do meu coração, quebra a violência e a corrupção. Eu tenho a solução, que é tornar legal: pra quem quiser fumar, plantar maconha no quintal”, diz a paródia da machinha Mamãe eu quero.

“A ideia é se divertir provocando a reflexão através de versos bem-humorados, em um tema que ainda é incômodo e em que há muita desinformação”, comenta André Feiges, integrante do BatuCannabis. A proibição do uso da maconha, segundo Feiges, é uma determinação que não leva em consideração as relações sociais atuais: “é algo tão ultrapassado que chega a provocar risos. Então, por que não fazer algumas brincadeiras mais elaboradas com a questão?”, questiona.

Cultura e política

No grupo destinado a divulgação do caranval curitibano no Facebook, um debate foi levantado: ainda que iniciativas carnavalescas como Garibaldis & Sacis sejam interessantes, não seria melhor que blocos adotassem uma postura mais crítica, a exemplo do BatuCannibis? Para André Feiges, contudo, toda vivência cultural é política. Os blocos carnavalescos, mesmo sem enfoque na crítica social, incitam a ocupação das ruas da cidade em ato de expressão cultural. “Há politização em muito daquilo que não se costuma ver”, afirma André.

Agenda BatuCannabis

Ensaio no Largo da Ordem, domingo, 8 de fevereiro, às 16:20 horas – confirme presença clicando aqui.

Saída para a Marcha de Carnaval no dia 15 de fevereiro, às 16h20, no Relógio das Flores.

Apresentação na Marcha da Maconha, domingo, 31 de maio.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Populares

Comentários recentes