ter 27 fev 2024
HomeDestaquesDupla Athletiba estreia com vitória no Campeonato Paranaense Feminino

Dupla Athletiba estreia com vitória no Campeonato Paranaense Feminino

Rodada disputada em Curitiba marca a largada dos rivais na luta pelo título

Em busca do tetracampeonato, o Athletico estreou no Paranaense feminino 2023 com uma goleada de oito a zero. As Gurias Furacão não tomaram conhecimento do São Braz, e abriram seis a zero ainda no primeiro tempo. Lilian, Rafinha — em duas cobranças de pênalti, Isa Cardoso — também duas vezes e Nathalia fizeram os gols. Na segunda etapa, com o jogo controlado, a intensidade foi menor. Ellen — que entrou na volta do intervalo —, e Isa completando o hattrick deram números finais a partida.

A torcida athleticana se fez presente na Arena Vermelha para apoiar o time, e cobrou mais atenção da diretoria ao futebol feminino. “O time feminino é tratado como uma obrigação”, argumentou uma torcedora. Ela cita uma declaração de Felipão, então diretor técnico rubro-negro, de que a categoria receberia mais atenção. Desde 2019, clubes que disputam a Libertadores e a Série A do Campeonato Brasileiro precisam ter equipe feminina.

Apesar da derrota, o presidente do São Braz, Romildo Carignano, valorizou o empenho do time. A equipe é formada por atletas amadoras que se dedicam aos treinos após suas jornadas de trabalho. “Estamos vivendo um momento muito forte de autoafirmação feminina e a gente faz um trabalho forte no sentido de respeito à diversidade, às diferenças”, afirmou Romildo.


Ficha Técnica

Campeonato Paranaense Feminino — 1ª Rodada/1ª Fase

Athletico 8 X 0 São Braz

Data: 02/11/2023

Horário: 14h

Local: Arena Vermelha, no Novo Mundo em Curitiba

Athletico: Renata (Yasmin); Evellyn, Tainá, Ale (Hilary) e Thais Prado (Rafa Vargas); Duda, Rafinha (Ellen), Andressa e Lilian (Duda Tosti); Isabela Cardoso e Nathalia (Giovanna).

Técnico: Brenno Basso

São Braz: Débora; Gih (Luana), Bruna, Yasmin e Maria Heloise; Suelen, Agatha, Fran Tchê e Amandinha; Emilly (Juliana) (Gabi) e Priscila.

Técnica: Meiry Helen

Gols: Lilian (6’/1º), Rafinha (13’/1º (p) e 32’/1º (p)), Isa Cardoso (18’/1º, 30’/1º e 41’/2º), Nathalia (19’/1º) e Ellen (11’/2º).

Árbitro: Marcelo Rodrigues Masena

Assistentes: Marcio Palega Mota e Thiago Henrique Da Silva


Coritiba bate Rio Branco de Paranaguá

No outro jogo, o Coritiba venceu o Rio Branco por dois a zero. Em uma partida equilibrada, o Coxa articulou as jogadas pelos lados do campo e abriu o placar com Tayla, em cobrança de falta aos 30 minutos do primeiro tempo. Em seguida, a equipe do litoral reclamou de um pênalti não marcado em uma bola que bateu no braço de uma defensora coxa-branca. Mas o esforço das leoas não foi o bastante para furar a defesa alviverde. A equipe do Alto da Glória manteve o controle do jogo e ampliou o placar na segunda etapa com Bruna Peligrinelli, em lance de bola parada, após cruzamento da capitã Isabela.

Antes da bola rolar, os treinadores de ambas as equipes falaram das expectativas para o campeonato. Thiago Santana, técnico do Rio Branco, citou a pré-temporada de dois meses de treinos, e confia na mescla de um time formado por jogadoras de várias partes do Paraná, Brasil e até estrangeiras que visa surpreender. “Sabemos que tem times com estrutura maior, mas sonhamos, não estamos aqui para passear, temos condições de batalhar”, avalia Thiago.

O comandante alviverde, Leandro Chibior, projeta brigar pelo título e para isso conta com reforços das categorias de base, onde o time tem feito boas campanhas. O Coritiba tem parceria com o Imperial, atual campeão estadual sub-15 e sub-17. “Fizemos um Campeonato Brasileiro sub-20 bem e disputamos recentemente a Ladies Cup sub-20, ficando entre as oito melhores equipes e acredito que chegamos fortes para essa competição.”


Ficha Técnica

Rio Branco 0 X 2 Coritiba

Data: 02/11/2023

Horário: 16h

Local: Arena Vermelha, no Novo Mundo em Curitiba

Rio Branco: Vyctoria; Bruna, Ruth Cabrera e Luciany; Sthefany, Ana Vitória (Gabi Gonzaga), Mabi (Camila) e Dani (Marhaya); Aninha, Julia Miranda (Rafaela) e Helo Dutra (Daniele).

Técnico: Thiago Santana

Coritiba: Lorena; Julia Correia, Isabela, Julia Vitória e Raquel; Kamila (Giovanna), Bruna Peligrinelli, Thayla e Isa Momesso (Monaliza); Kauane e Brendha (Yasmin).

Técnico: Leandro Chibior

Gols: Thayla (30’/1º) e Bruna Pelegrinelli (38’/2º)

Cartões Amarelos: Rio Branco: Marhaya, Helo Dutra, Sthefany e Bruna. Coritiba: Bruna Peligrinelli e Isabela.

Árbitro: Cristiano Antonio Teixeira

Assistentes: Diogo Ferreira De Abreu e Kaike De Siqueira Rosa


Novo Formato

O Campeonato Paranaense Feminino 2023 é disputado por cinco equipes que se enfrentam em turno único na primeira fase. Os quatro melhores colocados avançam para a semifinal, disputada em jogo único, assim como a grande decisão. Como o número de participantes é ímpar, em cada data um time não jogará, nesta primeira rodada o Toledo folgou. Cada compromisso é cumprido em rodada dupla no mesmo dia e sede pré-definida, com partidas de dois tempos de 40 minutos cada. Os jogos das próximas três datas serão no CT do Caju, centro de treinamento do Athletico. As partidas são transmitidas gratuitamente pelo site e aplicativo FPF Play. Confira o calendário a seguir:

2ª rodada – CT do Caju – sábado, 04/11

14h – São Braz x Rio Branco-PR

16h – Coritiba x Toledo

3ª rodada – CT do Caju – segunda, 06/11

17h30 – Rio Branco-PR x Athletico

19h30 – Toledo x São Braz

4ª rodada – CT do Caju – quarta, 08/11

17h30 – Athletico x Toledo

19h30 – São Braz x Coritiba

5ª rodada – local a definir – sexta, 10/11

17h30 – Coritiba x Athletico

19h30 – Toledo x Rio Branco-PR

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Pular para o conteúdo