sex 27 jan 2023
HomeCopa 2022A Copa do Mundo 2022 chega ao fim; veja números e curiosidades

A Copa do Mundo 2022 chega ao fim; veja números e curiosidades

Com média de 2,5 gols por partida, mundial do Catar teve Kylian Mbappé como artilheiro, com oito gols marcados, e Lionel Messi como melhor jogador

A Copa do Mundo Catar 2022 chegou ao fim neste domingo (18) e teve a Argentina como a grande campeã da competição. Comandados por Lionel Messi, Los Hermanos empataram com a França por 3 a 3 e venceram nos pênaltis por 4 a 2, com a vitória os argentinos conquistaram o seu terceiro título mundial. Além do título argentino, a Copa entrou para história com diversos outros marcos. Veja abaixo curiosidades e os números da Copa 2022.

Estatísticas

O mundial terminou com a Argentina na primeira colocação, seguida da França, Croácia e Marrocos fechando o pódio em quarto colocado. Já na fase de grupos da competição, as seleções foram divididas em oito grupos com quatro equipes cada. Foram 48 partidas disputadas na primeira fase e 120 gols marcados apenas na fase inicial.

Números da primeira fase

– 120 gols (48 jogos);
– 2.5 gols por jogo (média);
– 36% de gols no primeiro tempo e 64% de gols no segundo tempo;
– Resultados mais frequentes: 2 a 0 (11 vezes), 1 a 0 (9 vezes), 2 a 1 (8 vezes) e 0 a 0 (6 vezes).
– A defesa mais vazada foi a da Costa Rica (11 gols sofridos) e os ataques mais eficazes foram os das seleções da Inglaterra e da Espanha (9 gols marcados);
– Catar e Canadá foram as duas únicas seleções que não marcaram nenhum ponto na fase inicial;

Números gerais

– Em toda a competição, foram 64 partidas e 172 gols marcados (média de 2.68 gols por partida);
– Foram 15 empates em toda competição;
– O melhor ataque foi o da seleção francesa, com 16 gols marcados;
– Dinamarca, Catar, Tunísia, Bélgica e País de Gales foram os piores ataques. Só anotaram um gol cada;
– A Tunísia teve a melhor defesa da competição, apenas um (1) gol sofrido.
– Costa Rica teve a pior defesa da competição, com 11 gols sofridos;

Seleção da Tunísia foi a menos vazada na competição. (Rico Brouwer/Soccrates/Getty Images)

Como em todo bom espetáculo, quem faz o show é o artista – nessa Copa do Mundo não faltou artista renomado dentro de campo. Lionel Messi e Cristiano Ronaldo em suas últimas exibições em Copa do Mundo; Robert Lewandowski comandando a seleção polonesa; Neymar, Vini JR e Richarlison pela seleção brasileira; Mbappé e Griezmann buscando o bicampeonato e tantos outros mais. Veja abaixo os números individuais e curiosidades alcançadas pelos craques na competição.

Números individuais dos atletas

Mbappé artilheiro (oito gols marcados);
– Bruno Fernandes, Griezmann e Lionel Messi foram os líderes de assistência da competição (três assistências);
Mbappé e Messi comandaram as ações de gols na competição, entre gols e assistências, os atletas tiveram diretamente dez (10) ações de gols;
Messi marcou quatro gols de pênalti na competição toda (errou uma cobrança);
– Rodri foi o atleta com mais passes certos por jogo. Foram 159 passes certos (93% de precisão);
– Musiala foi quem mais driblou nessa Copa do Mundo. Foram 6,3 dribles certos por partida (59% de precisão nos dribles);
– Hakimi com 3,7 desarmes por jogo, foi o atleta que mais desarmou na competição;
– Como marca negativa, Neymar foi o jogador que mais perdeu a posse da bola por partida, foram em média 22 perdas de posse de bola por partida;
– Bono, Pickford e Martinez foram os goleiros que passaram mais jogos sem sofrer gols, os atletas não foram vazados em três partidas da competição;
Cristiano Ronaldo se tornou o único jogador a marcar gol em cinco edições de Copa do Mundo. O gajo marcou pelo menos uma vez nas edições de 2006, 2010, 2014, 2018 e 2022;
Lionel Messi se tornou o jogador com mais jogos nas edições na Copa do Mundo (26 partidas);
Lionel Messi foi eleito o melhor jogador da Copa do Mundo;
– Lionel Messi marcou em todas as partidas eliminatórias da competição;

Fonte: Ogol, SofaScore e 365Scores.

Messi foi o melhor jogador e o capitão da seleção argentina (Fifa)

Além dos números individuais, em uma Copa do Mundo cercada de questões sociais e embates políticos, vale nota de coroação para a seleção do Marrocos. A primeira seleção africana e islâmica a chegar em uma semifinal de Copa do Mundo e que ficou com quarto lugar, após a derrota para a Croácia por 2 a 1.

Seleção de Marrocos foi a quarta colocada na competição. (AFP/AFP Photo)

+ Veja mais reportagens da Copa do Mundo no site do Jornal Comunicação!

Em menos de quatro anos a Copa do Mundo estará de volta e a emoção em busca do título será novamente tema dos grandes jornais ao redor do mundo. México, Canadá e Estados Unidos serão a sede e receberão o maior espetáculo do futebol em 2026. Até breve, Copa do Mundo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS